VGI Agentes

Vera Mancini
Grupo(s): Atores

Vera Mancini

Idiomas: Português
Faixa Etária: acima de 50 anos
Gênero: Feminino
Altura: 1.58m

Release

Atriz premiada, atuou em cinema, teatro e teledramaturgia. Em destaque participou de O Outro Lado do Paraíso (TV Globo), Amor à Vida (TV Globo), Os Vizinhos (GNT) e De perto ela não é normal (GNT) na televisão, Mare Nostrum, O Divã, Carandiru no cinema e A Vida que Pedi, Adeus!, Opera do Malandro no teatro, entre tantos outros. Trabalhou com importantes diretores no teatro como Bibi Ferreira e Gabriel Vilela. Ganhou melhor atriz no prêmio Candango pelo filme As Garotas do ABC, melhor atriz no prêmio A.P.T.E.S.P. pela peça A Vida é um Sonho, prêmio APCA e prêmio Mambembe como melhor atriz pela peça infantil Caxuxa.

Histórico

CINEMA

2009 – “Guerra dos Vizinhos”, roteiro de Rubens Xavier, direção de Rubens Xavier
2009 – “O Divã”, roteiro de Marcelo Saback, direção de José Alvarenga
2007 – “Os 12 Trabalhos”, direção de Ricardo Elias
2004 – “As Garotas do ABC”, roteiro de Fernando Bonassi e Carlos Reichenbach, direção de Carlos Reichenbach
2002 – “Belini e a Esfinge”, baseado no livro de Toni Beloto
2002 – “Carandiru”, baseado no livro de Drauzio Varella, direção de Hector Babenco

 

TELEVISÃO

2013 – “Amor à Vida”, roteiro de Walcyr carrasco, direção de Wolf Maia e Mauro Mendonça Filho – TV Globo
2012 – “Amor Eterno Amor”, roteiro de Elizabeth Jhin, direção de Rogério Gomes – TV Globo
2011 – “Morde & Assopra”, roteiro de Walcyr Carrasco, direção de Rogério Gomes – TV Globo
2010 – “A Forma da Lei”, roteiro de Fernando Bonassi, direção de Wolf Maia – TV Globo
2009 – “João Miguel”, adaptação de Renata Palotini, direção de Andre Garolli – TV Cultura
2003 – “Jamais te Esquecerei”, adaptação de Ecila Pedroso, direção de Henrique Martins – SBT

 

TEATRO

2009/2011 – “A vida que pedi, Adeus!”, roteiro de Sergio Roveri, direção de Eliane Café
2005 – “A Mandrágora”, roteiro de Maquiavel, direção de Eduardo Tolentino de Araújo
2004 – “O Evangélio Segundo Jesus Cristo”, baseado no livro de José Saramago, dramatugia de Maria Adelaide Amaral, direção de José Possi Neto
2000/2001 – “Opera do Malandro”, roteiro de Chico Buarque de Holanda, direção de Gabriel Vilella
1999 – “Deus Lhe Pague”, roteiro de Joracy Camargo, direção de Bibi Ferreira
1998 – “Viva o Demiurgo!”, roteiro de Paulo Pélico, direção de Bibi Ferreira
1996 – “Corte Fatal”, tradução e adaptação de Luis Fernando Veríssimo, direção de Noemi Marinho
1995 – “Tartufo”, roteiro de Molièrem, direção de José Rubens Siqueira
1992 – “A Vida é Sonho”, roteiro de Calderon de La Barca, direção de Gabriel Vilella
1991 – “As Raposas do Café”, roteiro de Antonio Bivar, direção de Eduardo Tolentino de Araujo – Grupo Tapa
1990 – “Nossa Cidade”, roteiro de Torton Wilder Direção: Eduardo Tolentino de Araujo Grupo Tapa
1989 – Noviças Rebeldes Autor: Dun Gogun, direção de Wolf Maia
1979 – “A Guerra do Alecrim e Manjerona”, direção de Osmar Rodrigues Cruz

TEATRO INFANTIL

1986 – “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, texto de Jorge Amado, direção de Alvaro Guimarães
1982 – “Caxuxa”, roteiro de Ronaldo Ciambroni, direção de Maite Alves

Prêmios

2004 – Prêmio Candango Melhor atriz coadjuvante no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro pelo filme “As garotas do ABC”
1994 – A . P . T . E . S . P . (Associação dos Produtores de Teatro do Est. SP ) Melhor atriz pelo espetáculo A Vida é Sonho
1981 – A . P . C . A . (Associação de Produtores e Críticos de Arte)
1981 - MAMBEMBE - Melhor atriz pelo espetáculo infanto-juvenil Caxuxa
Indicação: 2000 – PRÊMIO SHELL Indicação de melhor atriz. “Opera Do Malandro “ Direção: Gabriel Villela “
Indicação: 1999 – PRÊMIO A.P.T.E.S.P. Indicação de Melhor Atriz . “ As raposas Do Café “ Direção : Eduardo Tolentino “ .
Indicação: 1990 – PRÊMIO MOLIÈRE Indicação de Melhor Atriz “As Raposas Do Café “ Direção : Eduardo Tolentino “.

Elementor #603

Vera Mancini

Altura: 1.58m
Faixa etária:
Idiomas: Português

Release

Atriz premiada, atuou em cinema, teatro e teledramaturgia. Em destaque participou de O Outro Lado do Paraíso (TV Globo), Amor à Vida (TV Globo), Os Vizinhos (GNT) e De perto ela não é normal (GNT) na televisão, Mare Nostrum, O Divã, Carandiru no cinema e A Vida que Pedi, Adeus!, Opera do Malandro no teatro, entre tantos outros. Trabalhou com importantes diretores no teatro como Bibi Ferreira e Gabriel Vilela. Ganhou melhor atriz no prêmio Candango pelo filme As Garotas do ABC, melhor atriz no prêmio A.P.T.E.S.P. pela peça A Vida é um Sonho, prêmio APCA e prêmio Mambembe como melhor atriz pela peça infantil Caxuxa.

Histórico

CINEMA

2009 – “Guerra dos Vizinhos”, roteiro de Rubens Xavier, direção de Rubens Xavier
2009 – “O Divã”, roteiro de Marcelo Saback, direção de José Alvarenga
2007 – “Os 12 Trabalhos”, direção de Ricardo Elias
2004 – “As Garotas do ABC”, roteiro de Fernando Bonassi e Carlos Reichenbach, direção de Carlos Reichenbach
2002 – “Belini e a Esfinge”, baseado no livro de Toni Beloto
2002 – “Carandiru”, baseado no livro de Drauzio Varella, direção de Hector Babenco

 

TELEVISÃO

2013 – “Amor à Vida”, roteiro de Walcyr carrasco, direção de Wolf Maia e Mauro Mendonça Filho – TV Globo
2012 – “Amor Eterno Amor”, roteiro de Elizabeth Jhin, direção de Rogério Gomes – TV Globo
2011 – “Morde & Assopra”, roteiro de Walcyr Carrasco, direção de Rogério Gomes – TV Globo
2010 – “A Forma da Lei”, roteiro de Fernando Bonassi, direção de Wolf Maia – TV Globo
2009 – “João Miguel”, adaptação de Renata Palotini, direção de Andre Garolli – TV Cultura
2003 – “Jamais te Esquecerei”, adaptação de Ecila Pedroso, direção de Henrique Martins – SBT

 

TEATRO

2009/2011 – “A vida que pedi, Adeus!”, roteiro de Sergio Roveri, direção de Eliane Café
2005 – “A Mandrágora”, roteiro de Maquiavel, direção de Eduardo Tolentino de Araújo
2004 – “O Evangélio Segundo Jesus Cristo”, baseado no livro de José Saramago, dramatugia de Maria Adelaide Amaral, direção de José Possi Neto
2000/2001 – “Opera do Malandro”, roteiro de Chico Buarque de Holanda, direção de Gabriel Vilella
1999 – “Deus Lhe Pague”, roteiro de Joracy Camargo, direção de Bibi Ferreira
1998 – “Viva o Demiurgo!”, roteiro de Paulo Pélico, direção de Bibi Ferreira
1996 – “Corte Fatal”, tradução e adaptação de Luis Fernando Veríssimo, direção de Noemi Marinho
1995 – “Tartufo”, roteiro de Molièrem, direção de José Rubens Siqueira
1992 – “A Vida é Sonho”, roteiro de Calderon de La Barca, direção de Gabriel Vilella
1991 – “As Raposas do Café”, roteiro de Antonio Bivar, direção de Eduardo Tolentino de Araujo – Grupo Tapa
1990 – “Nossa Cidade”, roteiro de Torton Wilder Direção: Eduardo Tolentino de Araujo Grupo Tapa
1989 – Noviças Rebeldes Autor: Dun Gogun, direção de Wolf Maia
1979 – “A Guerra do Alecrim e Manjerona”, direção de Osmar Rodrigues Cruz

TEATRO INFANTIL

1986 – “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, texto de Jorge Amado, direção de Alvaro Guimarães
1982 – “Caxuxa”, roteiro de Ronaldo Ciambroni, direção de Maite Alves

Prêmios:

• 2004 – Prêmio Candango Melhor atriz coadjuvante no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro pelo filme “As garotas do ABC”

• 1994 – A . P . T . E . S . P . (Associação dos Produtores de Teatro do Est. SP ) Melhor atriz pelo espetáculo A Vida é Sonho

• 1981 – A . P . C . A . (Associação de Produtores e Críticos de Arte)

• 1981 - MAMBEMBE - Melhor atriz pelo espetáculo infanto-juvenil Caxuxa

• Indicação: 2000 – PRÊMIO SHELL Indicação de melhor atriz. “Opera Do Malandro “ Direção: Gabriel Villela “

• Indicação: 1999 – PRÊMIO A.P.T.E.S.P. Indicação de Melhor Atriz . “ As raposas Do Café “ Direção : Eduardo Tolentino “ .

• Indicação: 1990 – PRÊMIO MOLIÈRE Indicação de Melhor Atriz “As Raposas Do Café “ Direção : Eduardo Tolentino “.