Camila dos Anjos
Grupo(s): Atores

Camila dos Anjos

Idiomas: Inglês - Fluente
Faixa Etária: 30 a 40 anos
Gênero: Feminino
Altura: 1.56m

Release

Camila dos Anjos é atriz e produtora, formada Bacharel em Artes Cênicas pela Escola Superior de Artes Célia Helena. Começou a fazer teatro aos oito anos e participou de dezesseis peças. Foi dirigida por Ulysses Cruz, André Garolli, Marco Antônio Pâmio, Sérgio Ferrara, Aury Porto, Mário Bortolotto, entre outros. 

Em 2019, com o espetáculo “O leão no inverno”, de James Goldman, com direção de Ulysses Cruz, ganhou o “Prêmio Cenym” de teatro como Melhor Atriz coadjuvante e foi indicada ao prêmio Bibi Ferreira, como Melhor Atriz Coadjuvante. Em 2015, recebeu o Prêmio de Atriz Revelação no “Melhores do Teatro R7”, pelo espetáculo “Propriedades Condenadas”, textos curtos de Tennessee Williams, com direção de Marco Antônio Pâmio.

Estreou na televisão aos doze anos  na série  “Sandy e Junior”, onde permaneceu por quatro temporadas. Participou de diversas novelas e séries, entre elas, “Começar de Novo” (Globo), “Retrato Falado” (Globo), “Essas Mulheres” (Record), “Anjos do Sexo” (Bandeirantes), “Amor e Revolução” (SBT), “Cúmplices de um Resgate” (SBT). É uma das protagonistas da série “A Vida Secreta dos Casais”, criada por Bruna Lombardi e dirigida por Kim Riccelli, Carlos Riccelli e Fabio Mendonça, exibida em 2018 e 2019 na HBO.

​​

Com o curta “O nome do Gato”, dirigido por Pedro Coutinho, recebeu os prêmios de Melhor Atriz no Festival “Art Dèco” de curtas e documentários e Melhor atriz no “14ºFAM” – Festival Audiovisual do Mercosul. Está nos longas, “Caju Com Pizza”, dirigido por Francisco Ramalho Jr, e “SP: Crônicas de uma cidade real”, dirigido por Elder Fraga.

Trabalhou como atriz, produtora, tradutora e idealizadora nos espetáculos: “Propriedades Condenadas” (“Esta Propriedade está condenada” e “Por que você fuma tanto, Lily?” / SESC Consolação) e “A Catástrofe do sucesso” (“Fala comigo como a chuva e me deixa escutar” e “Mister Paradise” / Instituto Capobianco), ambos com textos de Tennessee Williams e direção de Marco Antônio Pâmio.

Em 2019, após seis anos de pesquisa sobre autobiografia e teatro documentário, estreou o monólogo “Quebra-Cabeça”. Além de atriz e produtora, também desenvolveu a dramaturgia do espetáculo (Itaú Cultural).  

 

FORMAÇÃO ACADÊMICA
Bacharelado em Artes Cênicas – Escola Superior de Artes Célia Helena

Pós-Graduação em direção teatral – Escola Superior de Artes Célia Helena (Cursando)

 

FORMAÇÃO ARTÍSTICA
Teatro Escola Célia Helena
Workshop com Fátima Toledo
Workshop com Robert Castle – Lee Strasberg institute
Cinema com Tata Amaral

Histórico

TELEVISÃO

– 2019 – “A vida secreta dos casais” – Segunda Temporada (HBO) – Direção Carlos Riccelli/Kim Riccelli/Fabio Mendonça.
– 2017 – “A vida secreta dos casais” – Primeira Temporada (HBO) – Direção Carlos Riccelli/Kim Riccelli/Fabio Mendonça.
– 2016/2015 – “Cúmplices de um resgate” (SBT) – Direção: Reynaldo Boury/Roberto Menezes.
– 2011 – “Amor e revolução” (SBT) – Direção Reynaldo Boury/Roberto Menezes.
– 2010 – “Anjos do sexo” (BANDEIRANTES) – Direção Tininha Araujo.
– 2006 – “Malhação” (TV GLOBO) – Direção Roberto Vaz.
– 2005 – “Essas mulheres” (RECORD) – Direção Flavio Colatrelo e João Camargo.
– 2004 – “Começar de novo” (TV GLOBO) – Direção: Carlos Araújo.
– 2003 – “Retrato falado” (TV GLOBO) – Direção: Luiz Villaça.
– 2002/1999 – “Programa Sandy e Júnior” (TV GLOBO) – Direção: Paulo Silvestrine e João Camargo.

 

CINEMA

– 2017 – “SP: crônicas de uma cidade real” – Fraga Films – Longa – Direção: Elder Fraga
– 2014 – “Caju com pizza” – Telefilme TV Cultura – Direção: Francisco Ramalho Jr

Curta
– 2016 – “Ser ou não ser” – Fraga Films – Curta – Direção: Elder Fraga
– 2012 – “Noite perdida” – Curta – Direção Filippo Capuzzi Lapietra
– 2010 – “O nome do gato” – Primo Filmes – Direção Pedro Coutinho
– 2006 – “Existe sempre espaço para o amor” – Direção Bernardo Barreto
– 1998 – “Pretérito perfeito” – Direção: Georgia Guerra Peixe

 

TEATRO

– 2019 – “Quebra-cabeça” – Texto e Concepção: Camila dos Anjos.
– 2019 – “Inferno – Um Interlúdio Expressionista”, inspirado no texto “Not About Nightingales”, de Tennessee Williams. – Direção: Andre Garolli.
– 2019 – “A catástrofe do Sucesso” – Direção: Marco Antônio Pâmio.
– 2018 – “O leão no inverno”- Direção: Ulysses Cruz.
– 2017 – “Memórias (não) inventadas” – Direção: Andre Garolli.
– 2016 – “Diálogos de Salomé com São João Batista” – Direção: Sergio Ferrara.
– 2015/2014 – “Propriedades condenadas” – Direção: Marco Antônio Pâmio.
– 2016/2015 – “O menino que não sabia chorar” – Direção: Fabio Brandi Torres.
– 2015 – “A medida do meu mundo sem você” – Direção: Fabio Brandi Torres.
– 2014 – “A arquitetura da dramaturgia” – Direção: Kiko Rieser, Rafael Bicudo, Andréa Tedesco.
– 2013/2012 – “Caminos invisíbles… La partida”- Direção: Carina Casuscelli.
– 2012 – “Guarde um beijo meu” – Direção: Mário Cesar Costaz.
– 2012 – “Leila Baby” – Direção: Mario Bortolotto.
– 2011 – “Doutor Faustus liga a luz” – Direção: Lenerson Polonini.
– 2011 – “Os inadequados” – Direção: Ralph Maizza.
– 2011 – “Depois daquela noite” – Direção: Miro Rizzo.
– 2006 – “Panos e lendas” – Direção: Chico Cabrera.
– 2000 – “Tutti Frutti” – Direção: Marcello Caridade.
– 1998 – “Asas pra que te quero” – Direção: Aury Porto.

Prêmios

2020 - Melhor Atriz no BIMIFF - Brazil International Monthly Independent Film Festival. Longa SP: CRÔNICAS DE UMA CIDADE REAL (2020)
2020 - - Melhor Atriz coadjuvante no "Prêmio Cenym" de teatro. Peça Inferno - Um Interlúdio Expressionista
2019 - Indicada ao Prêmio Bibi Ferreira como Melhor Atriz coadjuvante, pelo espetáculo "O leão no inverno"
2018 - Melhor Atriz coadjuvante no "Prêmio Cenym" de teatro, pelo espetáculo " O leão no inverno"
2015 - Prêmio de Atriz Revelação no "Melhores do Teatro R7", pelo espetáculo Propriedades Condenadas, de Tennessee Williams
2010 - Melhor atriz no festival "Art Dèco" de curtas e documentários, pelo curta "O Nome do Gato"
2010 - Melhor atriz no "14ºFAM" - Festival Audiovisual do Mercosul, pelo curta "O Nome do Gato"

Locuções

Elementor #603

Camila dos Anjos

Altura: 1.56m
Faixa etária:
Idiomas: Inglês - Fluente

Release

Camila dos Anjos é atriz e produtora, formada Bacharel em Artes Cênicas pela Escola Superior de Artes Célia Helena. Começou a fazer teatro aos oito anos e participou de dezesseis peças. Foi dirigida por Ulysses Cruz, André Garolli, Marco Antônio Pâmio, Sérgio Ferrara, Aury Porto, Mário Bortolotto, entre outros. 

Em 2019, com o espetáculo “O leão no inverno”, de James Goldman, com direção de Ulysses Cruz, ganhou o “Prêmio Cenym” de teatro como Melhor Atriz coadjuvante e foi indicada ao prêmio Bibi Ferreira, como Melhor Atriz Coadjuvante. Em 2015, recebeu o Prêmio de Atriz Revelação no “Melhores do Teatro R7”, pelo espetáculo “Propriedades Condenadas”, textos curtos de Tennessee Williams, com direção de Marco Antônio Pâmio.

Estreou na televisão aos doze anos  na série  “Sandy e Junior”, onde permaneceu por quatro temporadas. Participou de diversas novelas e séries, entre elas, “Começar de Novo” (Globo), “Retrato Falado” (Globo), “Essas Mulheres” (Record), “Anjos do Sexo” (Bandeirantes), “Amor e Revolução” (SBT), “Cúmplices de um Resgate” (SBT). É uma das protagonistas da série “A Vida Secreta dos Casais”, criada por Bruna Lombardi e dirigida por Kim Riccelli, Carlos Riccelli e Fabio Mendonça, exibida em 2018 e 2019 na HBO.

​​

Com o curta “O nome do Gato”, dirigido por Pedro Coutinho, recebeu os prêmios de Melhor Atriz no Festival “Art Dèco” de curtas e documentários e Melhor atriz no “14ºFAM” – Festival Audiovisual do Mercosul. Está nos longas, “Caju Com Pizza”, dirigido por Francisco Ramalho Jr, e “SP: Crônicas de uma cidade real”, dirigido por Elder Fraga.

Trabalhou como atriz, produtora, tradutora e idealizadora nos espetáculos: “Propriedades Condenadas” (“Esta Propriedade está condenada” e “Por que você fuma tanto, Lily?” / SESC Consolação) e “A Catástrofe do sucesso” (“Fala comigo como a chuva e me deixa escutar” e “Mister Paradise” / Instituto Capobianco), ambos com textos de Tennessee Williams e direção de Marco Antônio Pâmio.

Em 2019, após seis anos de pesquisa sobre autobiografia e teatro documentário, estreou o monólogo “Quebra-Cabeça”. Além de atriz e produtora, também desenvolveu a dramaturgia do espetáculo (Itaú Cultural).  

 

FORMAÇÃO ACADÊMICA
Bacharelado em Artes Cênicas – Escola Superior de Artes Célia Helena

Pós-Graduação em direção teatral – Escola Superior de Artes Célia Helena (Cursando)

 

FORMAÇÃO ARTÍSTICA
Teatro Escola Célia Helena
Workshop com Fátima Toledo
Workshop com Robert Castle – Lee Strasberg institute
Cinema com Tata Amaral

Histórico

TELEVISÃO

– 2019 – “A vida secreta dos casais” – Segunda Temporada (HBO) – Direção Carlos Riccelli/Kim Riccelli/Fabio Mendonça.
– 2017 – “A vida secreta dos casais” – Primeira Temporada (HBO) – Direção Carlos Riccelli/Kim Riccelli/Fabio Mendonça.
– 2016/2015 – “Cúmplices de um resgate” (SBT) – Direção: Reynaldo Boury/Roberto Menezes.
– 2011 – “Amor e revolução” (SBT) – Direção Reynaldo Boury/Roberto Menezes.
– 2010 – “Anjos do sexo” (BANDEIRANTES) – Direção Tininha Araujo.
– 2006 – “Malhação” (TV GLOBO) – Direção Roberto Vaz.
– 2005 – “Essas mulheres” (RECORD) – Direção Flavio Colatrelo e João Camargo.
– 2004 – “Começar de novo” (TV GLOBO) – Direção: Carlos Araújo.
– 2003 – “Retrato falado” (TV GLOBO) – Direção: Luiz Villaça.
– 2002/1999 – “Programa Sandy e Júnior” (TV GLOBO) – Direção: Paulo Silvestrine e João Camargo.

 

CINEMA

– 2017 – “SP: crônicas de uma cidade real” – Fraga Films – Longa – Direção: Elder Fraga
– 2014 – “Caju com pizza” – Telefilme TV Cultura – Direção: Francisco Ramalho Jr

Curta
– 2016 – “Ser ou não ser” – Fraga Films – Curta – Direção: Elder Fraga
– 2012 – “Noite perdida” – Curta – Direção Filippo Capuzzi Lapietra
– 2010 – “O nome do gato” – Primo Filmes – Direção Pedro Coutinho
– 2006 – “Existe sempre espaço para o amor” – Direção Bernardo Barreto
– 1998 – “Pretérito perfeito” – Direção: Georgia Guerra Peixe

 

TEATRO

– 2019 – “Quebra-cabeça” – Texto e Concepção: Camila dos Anjos.
– 2019 – “Inferno – Um Interlúdio Expressionista”, inspirado no texto “Not About Nightingales”, de Tennessee Williams. – Direção: Andre Garolli.
– 2019 – “A catástrofe do Sucesso” – Direção: Marco Antônio Pâmio.
– 2018 – “O leão no inverno”- Direção: Ulysses Cruz.
– 2017 – “Memórias (não) inventadas” – Direção: Andre Garolli.
– 2016 – “Diálogos de Salomé com São João Batista” – Direção: Sergio Ferrara.
– 2015/2014 – “Propriedades condenadas” – Direção: Marco Antônio Pâmio.
– 2016/2015 – “O menino que não sabia chorar” – Direção: Fabio Brandi Torres.
– 2015 – “A medida do meu mundo sem você” – Direção: Fabio Brandi Torres.
– 2014 – “A arquitetura da dramaturgia” – Direção: Kiko Rieser, Rafael Bicudo, Andréa Tedesco.
– 2013/2012 – “Caminos invisíbles… La partida”- Direção: Carina Casuscelli.
– 2012 – “Guarde um beijo meu” – Direção: Mário Cesar Costaz.
– 2012 – “Leila Baby” – Direção: Mario Bortolotto.
– 2011 – “Doutor Faustus liga a luz” – Direção: Lenerson Polonini.
– 2011 – “Os inadequados” – Direção: Ralph Maizza.
– 2011 – “Depois daquela noite” – Direção: Miro Rizzo.
– 2006 – “Panos e lendas” – Direção: Chico Cabrera.
– 2000 – “Tutti Frutti” – Direção: Marcello Caridade.
– 1998 – “Asas pra que te quero” – Direção: Aury Porto.

Prêmios:

• 2020 - Melhor Atriz no BIMIFF - Brazil International Monthly Independent Film Festival. Longa SP: CRÔNICAS DE UMA CIDADE REAL (2020)

• 2020 - - Melhor Atriz coadjuvante no "Prêmio Cenym" de teatro. Peça Inferno - Um Interlúdio Expressionista

• 2019 - Indicada ao Prêmio Bibi Ferreira como Melhor Atriz coadjuvante, pelo espetáculo "O leão no inverno"

• 2018 - Melhor Atriz coadjuvante no "Prêmio Cenym" de teatro, pelo espetáculo " O leão no inverno"

• 2015 - Prêmio de Atriz Revelação no "Melhores do Teatro R7", pelo espetáculo Propriedades Condenadas, de Tennessee Williams

• 2010 - Melhor atriz no festival "Art Dèco" de curtas e documentários, pelo curta "O Nome do Gato"

• 2010 - Melhor atriz no "14ºFAM" - Festival Audiovisual do Mercosul, pelo curta "O Nome do Gato"

Outros artistas relacionados

VGI Agentes – (11) 3864-8188
R. Vanderlei, 372 – Perdizes – São Paulo
SP. CEP 05011-000

Todos os direitos reservados à VGI Agentes® Dev. by Pompz Artes