Paula Burlamaqui
Grupo(s): Atores

Paula Burlamaqui

Faixa Etária: acima de 50 anos
Gênero: Feminino
Altura: 1.63m

Release

Paula iniciou a atuação em peças no Rio de Janeiro. Em 1987, ganhou o concurso da “Garota do Fantástico” e fez o seu primeiro espetáculo de sucesso “A Presidenta”. Atuou também em “Lïzistrata” direção de Domingos de Oliveira; “Mariana Alcoforado” direção Moacyr Góes; “Lavanderia Brasil” direção de Moacyr Chaves; “Um Príncipe em Copacabana” direção de Gerald Thomas; “O Amante” (Harold Pinter) direção de Chico Medeiros; “A Estufa” (Harold Pinter) direção de Ary Colosv; “O Misantropo” (Molière) direção de Marcio Aurélio entre outras.

Foi convidada para fazer o primeiro papel na televisão, Bia, em “Sexo dos Anjos” (1989). Fez várias novelas e séries na TV Globo, como: “Barriga de Aluguel”; “O Dono do Mundo”; “O Mapa da Mina”; “Olho por Olho”; “Pedra sobre Pedra”; “Explode Coração” e também participou do seriado “Sai de Baixo”. Em 1996 atuou em duas produções na TV Bandeirantes: “Perdidos de Amor” e “Serras Azuiz”.

Em seu retorno na TV Globo, esteve em “Sabor da Paixão” e na novela “América” de Glória Perez. Ainda na emissora esteve em “O Profeta”; “Faça sua História”; “A Favorita”; “Cama de Gato”; “Cordel Encantado”; “Dercy de Verdade”; “Avenida Brasil”, “Joia Rara”, “Eu Que Amo Tanto”; “A Regra do Jogo”; remake de “Os Trapalhões” e recentemente em “Órfãos da Terra”.

No cinema atuou nos longas “O Circo das Qualidades Humanas”; “A Breve História de Candido Sampaio”; “Procuradas”; “Gatão da meia idade”; “Vida Vertiginosa”; “viva Sapato” e “O que seria desse mundo sem paixão” direções de Luiz Carlos Lacerda; “Meteoro”; “Reis e Ratos” dirigido por Mauro Lima; “Por Trás do Céu” (onde ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante no festival de PE) direção de Caio Shó; “Paraíso Perdido” direção Monique Gardenberg.

Histórico

TELEVISÃO

– 2019 – “Órfãos da Terra”

– 2018 – “Desnude”
– 2015 – “A Regra do Jogo”
– 2014 – “Eu que te Amo Tanto”
– 2013 – “Joia Rara”
– 2012 – “Dercy de Verdade”
– 2012 – “Avenida Brasil”
– 2011 – “Cordel Encantado”
– 2009 – “Cama de Gato”
– 2008 – “A Favorita”
– 2006 – “O Profeta”
– 2005 – “América”
– 2004 – “Da Cor do Pecado”
– 2003 – “Os Normais”
– 2000 – “Uga Uga”

 

CINEMA

– 2016 – “O Que Seria Deste Mundo Sem Paixão”
– 2016 – “Por Trás do Céu”
– 2012 – “Reis e Ratos”
– 2009 – “Vida Vertiginosa” (Curta)
– 2007 – “Meteoro”
– 2006 – “Gatão da Meia Idade”
– 2004 – “Procuradas”
– 2002 – “Viva Sapato!”
– 2001 – “A Breve História de Cândido Sampaio”
– 2000 – “O Circo das Qualidades Humanas”

 

TEATRO

– “A Presidenta”
– “Conto de Fadas”
– “Lisístrata”
– “Cartas Portuguesas”
– “Fragmentos”
– “Corações na Contra Mão”
– “O Príncipe de Copacabana”
– “Lavanderia Brasil”
– “O Amante”
– “A Estufa”

Locuções

Elementor #603

Paula Burlamaqui

Altura: 1.63m
Faixa etária:

Release

Paula iniciou a atuação em peças no Rio de Janeiro. Em 1987, ganhou o concurso da “Garota do Fantástico” e fez o seu primeiro espetáculo de sucesso “A Presidenta”. Atuou também em “Lïzistrata” direção de Domingos de Oliveira; “Mariana Alcoforado” direção Moacyr Góes; “Lavanderia Brasil” direção de Moacyr Chaves; “Um Príncipe em Copacabana” direção de Gerald Thomas; “O Amante” (Harold Pinter) direção de Chico Medeiros; “A Estufa” (Harold Pinter) direção de Ary Colosv; “O Misantropo” (Molière) direção de Marcio Aurélio entre outras.

Foi convidada para fazer o primeiro papel na televisão, Bia, em “Sexo dos Anjos” (1989). Fez várias novelas e séries na TV Globo, como: “Barriga de Aluguel”; “O Dono do Mundo”; “O Mapa da Mina”; “Olho por Olho”; “Pedra sobre Pedra”; “Explode Coração” e também participou do seriado “Sai de Baixo”. Em 1996 atuou em duas produções na TV Bandeirantes: “Perdidos de Amor” e “Serras Azuiz”.

Em seu retorno na TV Globo, esteve em “Sabor da Paixão” e na novela “América” de Glória Perez. Ainda na emissora esteve em “O Profeta”; “Faça sua História”; “A Favorita”; “Cama de Gato”; “Cordel Encantado”; “Dercy de Verdade”; “Avenida Brasil”, “Joia Rara”, “Eu Que Amo Tanto”; “A Regra do Jogo”; remake de “Os Trapalhões” e recentemente em “Órfãos da Terra”.

No cinema atuou nos longas “O Circo das Qualidades Humanas”; “A Breve História de Candido Sampaio”; “Procuradas”; “Gatão da meia idade”; “Vida Vertiginosa”; “viva Sapato” e “O que seria desse mundo sem paixão” direções de Luiz Carlos Lacerda; “Meteoro”; “Reis e Ratos” dirigido por Mauro Lima; “Por Trás do Céu” (onde ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante no festival de PE) direção de Caio Shó; “Paraíso Perdido” direção Monique Gardenberg.

Histórico

TELEVISÃO

– 2019 – “Órfãos da Terra”

– 2018 – “Desnude”
– 2015 – “A Regra do Jogo”
– 2014 – “Eu que te Amo Tanto”
– 2013 – “Joia Rara”
– 2012 – “Dercy de Verdade”
– 2012 – “Avenida Brasil”
– 2011 – “Cordel Encantado”
– 2009 – “Cama de Gato”
– 2008 – “A Favorita”
– 2006 – “O Profeta”
– 2005 – “América”
– 2004 – “Da Cor do Pecado”
– 2003 – “Os Normais”
– 2000 – “Uga Uga”

 

CINEMA

– 2016 – “O Que Seria Deste Mundo Sem Paixão”
– 2016 – “Por Trás do Céu”
– 2012 – “Reis e Ratos”
– 2009 – “Vida Vertiginosa” (Curta)
– 2007 – “Meteoro”
– 2006 – “Gatão da Meia Idade”
– 2004 – “Procuradas”
– 2002 – “Viva Sapato!”
– 2001 – “A Breve História de Cândido Sampaio”
– 2000 – “O Circo das Qualidades Humanas”

 

TEATRO

– “A Presidenta”
– “Conto de Fadas”
– “Lisístrata”
– “Cartas Portuguesas”
– “Fragmentos”
– “Corações na Contra Mão”
– “O Príncipe de Copacabana”
– “Lavanderia Brasil”
– “O Amante”
– “A Estufa”

Outros artistas relacionados