VGI Agentes

Norival Rizzo
Grupo(s): Atores

Norival Rizzo

Idiomas: Português
Faixa Etária: acima de 50 anos
Gênero: Masculino
Altura: 1.81m

Release

Norival Rizzo formou-se pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA) em 1977. Com mais de 30 anos de trabalho artístico profissional, já atuou em diversos espetáculos teatrais, filmes, novelas etc. Dentre as várias peças em que atuou, destacam-se “Besame Mucho”, “A História do Homem”; “As Bruxas Estão Soltas” (diretor e ator); “Marido Bandeira 2” (ator, diretor e produtor), “O Santo e a Porca”; “Acorda, Brasil”; “Sua Excelência – O Candidato”, “A Cabra ou Quem é Sylvia?”. Na televisão, apresentou, em 1992, o programa infantil “X-Tudo”, da TV Cultura, ao lado de Márcio Ribeiro.
No cinema, Norival Rizzo atuou em “Fogo e Paixão” (1988); “Opressão” (1993); “Um Céu de Estrelas” (1996). Em 2008, Norival Rizzo participou do filme “Fim da Linha”, ao lado de Leonardo Medeiros, Lulu Pavarin, Maria Padilha, Gisela Reimann, Ivan Capúa, dentre outros. “Fim da Linha” foi o último trabalho do ator Rubens de Falco, falecido em 22 de fevereiro de 2008. Na TV, também em 2008, participou da minissérie “9mm: São Paulo” (2008) e do tele-filme “A Noiva”, produzido pela TV Cultura. Em 2017, interpretou Fernando Henrique Cardoso no filme “O Real – O Plano Por Trás da História”. Recentemente, ele atuou em “Apocalípse”, onde viveu o Dr. Rubem Aisen.

Histórico

CINEMA

– 1988 – Fogo e Paixão – de Isay Weinfeld e Marcio Kogan
– 1990 – A Causa Secreta – de Sergio Bianchi
– 1993 – Opressão (curta-metragem) – de Mirella Martinelli
– 1995 – Um Céu de Estrelas – de Tata Amaral
– 1996 – Tônica Dominante – de Tina Chamie
– 1996 – O Menino, a Favela e as Tampas de Panela (curta-metragem) – de Cao Hamburger
– 2000 – A Caravela – de Rodolfo Ancona Lopez
– 2000 – Toda Donzela tem um pai que é uma Fera – de Roberto Farias
– 2005 – Quanto Vale ou é por Quilo? – de Sérgio Bianchi
– 2005 – Fim da Linha – de Gustavo Steinberg
– 2007 – Um Homem Qualquer – de Caio Vecchio
– 2007 – Nome Próprio – de Murilo Salles
– 2007 – Linha de Passe – de Valter Salles
– 2008 – Carmo – de Murilo Pasta
– 2010 – O Voo do Avestruz (curta-metragem) – de Clara Izabela
– 2011 – VIPs – de Toniko Melo
– 2012 – 2 Coelhos – de Afonso Poyart
– 2013 – Giovanni Improtta – de José Wilker
– 2016 – Magal e os Formigas – de Newton Cannito
– 2017 – Real – O Plano Por Trás da História – de Rodrigo Bittencourt

 

TELEVISÃO

– 1988 – Revistinha (TV Cultura) – Apresentador
– 1989 – Rá-Tim-Bum – personagem Esfinge
– 1990 – Rainha da Sucata – personagem Jackson (Funcionário do cemitério)
– 1991 – Mundo da Lua – personagem Nelson (treinador de Lucas no campeonato de video-game)
– 1992 – X-Tudo – Apresentador
– 1992 – Perigosas Peruas – personagem Bombeiro Marcos
– 1994 – As Pupilas do Senhor Reitor – personagem Juca
– 1996 – Colégio Brasil – personagem Prof. Mister John
– 1996 – Sai de Baixo
– 1997 – Os Ossos do Barão – personagem Padre Joaquim
– 1999 – Galera na TV
– 2000 – Telecurso 2000
– 2001 – O Direito de Nascer – personagem Inspetor Pedro
– 2001 – Acampamento Legal – personagem Vira-Lobos
– 2007 – Amazônia, de Galvez a Chico Mendes – personagem Maia
– 2008 – O Telescópio, de Jorge Andrade – personagem Francisco
– 2008 – A Noiva – persomagem Albertino
– 2008 – Dance Dance Dance – personagem Otávio Garcia
– 2008 – 9mm: São Paulo – personagem Horácio
– 2011 – Eh com VC! – personagem Tio Alberto
– 2012 – Fina Estampa – personagem Padre Renato
– 2012 – Sessão de Terapia – personagem Antônio Dantas (1ª Temporada)
– 2013 – Sangue Bom – personagem Silvério de Souza
– 2014 – Alto Astral – personagem Walter Escobar
– 2016 – Cúmplices de Um Resgate – personagem Prefeito do vilarejo (Avô de Sabrina)
– 2016 – Haja Coração – personagem Dr. Alexsander Andrade
– 2016/2017 – Máximo & Confúcio – personagem Benedito (Dito)
– 2016/2017 – 171: Negócio de Família – personagem Moreira
– 2017 – Apocalipse – personagem Rubem Aisen

 

TEATRO

– 1978 – O Segredo do Velho Mudo – de Nelson Xavier / direção: Iacov Hillel
– 1980 – Foi Bom Meu Bem? – de Alberto de Abreu / direção: Ewerton de Castro
– 1981 – Cala a Boca Já Morreu – de Alberto de Abreu / direção: Ednaldo Freire
– 1982 – Besame Mucho – de Mário Prata / direção: Roberto Lage
– 1985 – Minha Nossa – de Carlos Alberto Sofredini / direção: Carlos Alberto Sofredini/Walter Padegursch
– 1985 – Papai e Mamãe Conversando sobre Sexo – de Mário Prata/Marta Suplicy / direção: Flávio de Souza
– 1985 – Inimigos de Classe – de Nigel Willians / direção: Márcio Aurélio
– 1986 – Muito Barulho por Nada …. (de Shakespeare / direção: Osmar Rodrigues Cruz)
– 1987 – Teledeum – de Alberto Boadela / direção: Cacá Rosset
– 1990 – Antares – de Tide Nogueira / direção: Chico Medeiros
– 1992 – De Pernas pro Ar – de Flávio de Souza / direção: Flávio de Souza
– 1992 – A Megera Domada – de Shakespeare / direção: Eduardo Tolentino
– 1994 – Corte Fatal – de Paul Portner / direção: Noemi Marinho
– 1996 – A História do Homem – de João Falcão / direção: Roberto Lage
– 1998 – Eles Fazem a Festa – de Pascoal Lourenço / direção: Calixto de Inhamus
– 1999 – Lembrar é Resistir – direção: Silnei Siqueira
– 2001 – Órfãos de Jânio – de Millôr Fernandes / direção: Eduardo Tolentino
– 2002 – Executivos – de Daniel Besse / direção: Eduardo Tolentino
– 2002 – Acampamento Legal – ator e diretor; de Armando Ligori / direção: Norival Rizzo
– 2003 – Marido Bandeira 2 – ator, diretor e produtor; direção: Norival Rizzo
– 2005 – O Santo e a Porca – de Ariano Suassuna / direção: Alexandre Reinecke
– 2005 – Oração para um Pé-de-Chinelo – de Plínio Marcos / direção: Alexandre Reinecke
– 2006 – Acorda Brasil – de Antonio Ermírio de Moraes / direção: José Possi Neto
– 2006 – Sua Excelência, o Candidato – de Marcos Caruso/Jandira Martini / direção: A. Reinecke
– 2009 – A Cabra ou Quem è Silvia? – de Edward Albee / adaptação/direção: Jô Soares
– 2010 – 12 Homens e uma Sentença – de Reginald Rose / direção: Eduardo Tolentino
– 2011 – Adultérios – de Woody Allen / direção: Alexandre Reinecke
– 2015 – O sucesso a qualquer preço – baseado na peça de David Mamet/ direção: Alexandre Reinecke

Aptidões

■ Toca Piano

Prêmios

18º Prêmio Shell de melhor ator em 2005 e foi indicado ao prêmio de melhor ator da APCA, em 2006.
Melhor Ator de TV do ano de 2008 das Organizações Globo, através da Revista Quem, pelo seu trabalho como Horácio, no seriado "São Paulo 9 MM", do canal FOX.
O seriado "São Paulo 9 MM" recebeu também o prêmio de melhor seriado de televisão de 2008, pela APCA.
Elementor #603

Norival Rizzo

Altura: 1.81m
Faixa etária:
Idiomas: Português

Release

Norival Rizzo formou-se pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA) em 1977. Com mais de 30 anos de trabalho artístico profissional, já atuou em diversos espetáculos teatrais, filmes, novelas etc. Dentre as várias peças em que atuou, destacam-se “Besame Mucho”, “A História do Homem”; “As Bruxas Estão Soltas” (diretor e ator); “Marido Bandeira 2” (ator, diretor e produtor), “O Santo e a Porca”; “Acorda, Brasil”; “Sua Excelência – O Candidato”, “A Cabra ou Quem é Sylvia?”. Na televisão, apresentou, em 1992, o programa infantil “X-Tudo”, da TV Cultura, ao lado de Márcio Ribeiro.
No cinema, Norival Rizzo atuou em “Fogo e Paixão” (1988); “Opressão” (1993); “Um Céu de Estrelas” (1996). Em 2008, Norival Rizzo participou do filme “Fim da Linha”, ao lado de Leonardo Medeiros, Lulu Pavarin, Maria Padilha, Gisela Reimann, Ivan Capúa, dentre outros. “Fim da Linha” foi o último trabalho do ator Rubens de Falco, falecido em 22 de fevereiro de 2008. Na TV, também em 2008, participou da minissérie “9mm: São Paulo” (2008) e do tele-filme “A Noiva”, produzido pela TV Cultura. Em 2017, interpretou Fernando Henrique Cardoso no filme “O Real – O Plano Por Trás da História”. Recentemente, ele atuou em “Apocalípse”, onde viveu o Dr. Rubem Aisen.

Histórico

CINEMA

– 1988 – Fogo e Paixão – de Isay Weinfeld e Marcio Kogan
– 1990 – A Causa Secreta – de Sergio Bianchi
– 1993 – Opressão (curta-metragem) – de Mirella Martinelli
– 1995 – Um Céu de Estrelas – de Tata Amaral
– 1996 – Tônica Dominante – de Tina Chamie
– 1996 – O Menino, a Favela e as Tampas de Panela (curta-metragem) – de Cao Hamburger
– 2000 – A Caravela – de Rodolfo Ancona Lopez
– 2000 – Toda Donzela tem um pai que é uma Fera – de Roberto Farias
– 2005 – Quanto Vale ou é por Quilo? – de Sérgio Bianchi
– 2005 – Fim da Linha – de Gustavo Steinberg
– 2007 – Um Homem Qualquer – de Caio Vecchio
– 2007 – Nome Próprio – de Murilo Salles
– 2007 – Linha de Passe – de Valter Salles
– 2008 – Carmo – de Murilo Pasta
– 2010 – O Voo do Avestruz (curta-metragem) – de Clara Izabela
– 2011 – VIPs – de Toniko Melo
– 2012 – 2 Coelhos – de Afonso Poyart
– 2013 – Giovanni Improtta – de José Wilker
– 2016 – Magal e os Formigas – de Newton Cannito
– 2017 – Real – O Plano Por Trás da História – de Rodrigo Bittencourt

 

TELEVISÃO

– 1988 – Revistinha (TV Cultura) – Apresentador
– 1989 – Rá-Tim-Bum – personagem Esfinge
– 1990 – Rainha da Sucata – personagem Jackson (Funcionário do cemitério)
– 1991 – Mundo da Lua – personagem Nelson (treinador de Lucas no campeonato de video-game)
– 1992 – X-Tudo – Apresentador
– 1992 – Perigosas Peruas – personagem Bombeiro Marcos
– 1994 – As Pupilas do Senhor Reitor – personagem Juca
– 1996 – Colégio Brasil – personagem Prof. Mister John
– 1996 – Sai de Baixo
– 1997 – Os Ossos do Barão – personagem Padre Joaquim
– 1999 – Galera na TV
– 2000 – Telecurso 2000
– 2001 – O Direito de Nascer – personagem Inspetor Pedro
– 2001 – Acampamento Legal – personagem Vira-Lobos
– 2007 – Amazônia, de Galvez a Chico Mendes – personagem Maia
– 2008 – O Telescópio, de Jorge Andrade – personagem Francisco
– 2008 – A Noiva – persomagem Albertino
– 2008 – Dance Dance Dance – personagem Otávio Garcia
– 2008 – 9mm: São Paulo – personagem Horácio
– 2011 – Eh com VC! – personagem Tio Alberto
– 2012 – Fina Estampa – personagem Padre Renato
– 2012 – Sessão de Terapia – personagem Antônio Dantas (1ª Temporada)
– 2013 – Sangue Bom – personagem Silvério de Souza
– 2014 – Alto Astral – personagem Walter Escobar
– 2016 – Cúmplices de Um Resgate – personagem Prefeito do vilarejo (Avô de Sabrina)
– 2016 – Haja Coração – personagem Dr. Alexsander Andrade
– 2016/2017 – Máximo & Confúcio – personagem Benedito (Dito)
– 2016/2017 – 171: Negócio de Família – personagem Moreira
– 2017 – Apocalipse – personagem Rubem Aisen

 

TEATRO

– 1978 – O Segredo do Velho Mudo – de Nelson Xavier / direção: Iacov Hillel
– 1980 – Foi Bom Meu Bem? – de Alberto de Abreu / direção: Ewerton de Castro
– 1981 – Cala a Boca Já Morreu – de Alberto de Abreu / direção: Ednaldo Freire
– 1982 – Besame Mucho – de Mário Prata / direção: Roberto Lage
– 1985 – Minha Nossa – de Carlos Alberto Sofredini / direção: Carlos Alberto Sofredini/Walter Padegursch
– 1985 – Papai e Mamãe Conversando sobre Sexo – de Mário Prata/Marta Suplicy / direção: Flávio de Souza
– 1985 – Inimigos de Classe – de Nigel Willians / direção: Márcio Aurélio
– 1986 – Muito Barulho por Nada …. (de Shakespeare / direção: Osmar Rodrigues Cruz)
– 1987 – Teledeum – de Alberto Boadela / direção: Cacá Rosset
– 1990 – Antares – de Tide Nogueira / direção: Chico Medeiros
– 1992 – De Pernas pro Ar – de Flávio de Souza / direção: Flávio de Souza
– 1992 – A Megera Domada – de Shakespeare / direção: Eduardo Tolentino
– 1994 – Corte Fatal – de Paul Portner / direção: Noemi Marinho
– 1996 – A História do Homem – de João Falcão / direção: Roberto Lage
– 1998 – Eles Fazem a Festa – de Pascoal Lourenço / direção: Calixto de Inhamus
– 1999 – Lembrar é Resistir – direção: Silnei Siqueira
– 2001 – Órfãos de Jânio – de Millôr Fernandes / direção: Eduardo Tolentino
– 2002 – Executivos – de Daniel Besse / direção: Eduardo Tolentino
– 2002 – Acampamento Legal – ator e diretor; de Armando Ligori / direção: Norival Rizzo
– 2003 – Marido Bandeira 2 – ator, diretor e produtor; direção: Norival Rizzo
– 2005 – O Santo e a Porca – de Ariano Suassuna / direção: Alexandre Reinecke
– 2005 – Oração para um Pé-de-Chinelo – de Plínio Marcos / direção: Alexandre Reinecke
– 2006 – Acorda Brasil – de Antonio Ermírio de Moraes / direção: José Possi Neto
– 2006 – Sua Excelência, o Candidato – de Marcos Caruso/Jandira Martini / direção: A. Reinecke
– 2009 – A Cabra ou Quem è Silvia? – de Edward Albee / adaptação/direção: Jô Soares
– 2010 – 12 Homens e uma Sentença – de Reginald Rose / direção: Eduardo Tolentino
– 2011 – Adultérios – de Woody Allen / direção: Alexandre Reinecke
– 2015 – O sucesso a qualquer preço – baseado na peça de David Mamet/ direção: Alexandre Reinecke

Aptidões:

> Toca Piano
Prêmios:

• 18º Prêmio Shell de melhor ator em 2005 e foi indicado ao prêmio de melhor ator da APCA, em 2006.

• Melhor Ator de TV do ano de 2008 das Organizações Globo, através da Revista Quem, pelo seu trabalho como Horácio, no seriado "São Paulo 9 MM", do canal FOX.

• O seriado "São Paulo 9 MM" recebeu também o prêmio de melhor seriado de televisão de 2008, pela APCA.