César Troncoso
Grupo(s): Atores

César Troncoso

Idiomas: Espanhol - Fluente / Inglês - Básico
Faixa Etária: acima de 50 anos
Gênero: Masculino
Altura: 1.70m

Release

César Troncoso é um ator Uruguaio.
Estudou atuação no Teatro Uno com o ator e diretor Alberto Restuccia e mais tarde, na Escola de Teatro de La Gaviota, se graduou em 1991.
No Uruguai participou de mais de 25 peças de teatro, entre elas: “Tuya, Héctor!”, Dirigido por Fernando Toja; “Jogo das Damas Crueles”, “Destino de duas coisas ou de três” e “Extraviada” dirigido por Mariana Percovich; “Kapeluz”, “Rococó Kitsch” e “El bosque de Sasha” de Roberto Suarez entre outras.
Além de atuar em várias peças de teatro no Uruguai e na Argentina, também realiza trabalhos no Brasil e Espanha. Atuou em diversos longas, entre eles: “O vendedor de sonhos” 2016 – Direção Jayme Monjardim, “Elis” 2016 – Direção Hugo Prata, “Tim Maia” 2014 – Direção Mauro Lima, “Faroeste Caboblo” 2013 – Direção René Sampaio, “O tempo e o vento” 2013 – Jayme Monjardim, “Infância Clandestina” 2012 – Direção Benjamín Ávila, “Em teu nome” 2009 – Direção Paulo Nascimento, “Cabeça a Prêmio” 2009 – Direção Marco Ricca, “Paisito” 2008 – Direção Ana Díez, “O Banheiro do Papa” 2007 – Direção César Charlone e Enrique Fernández.
Ele também tem se destacado em seu trabalho na televisão, tendo participado em 2013 para a novela “Flor do Caribe” TV Globo em 2015 na minissérie “O hipnotizador” para a HBO e, em 2016 na minissérie “Supermax Internacional” primeira produção da TV Globo feita inteiramente em espanhol e para o mercado de língua espanhola.
Ele recebeu vários prêmios no Uruguai e no exterior:
No Uruguai: Florencio Award de melhor ator por “Frozen”, de Mario Ferreira (teatro), Iris Award de Melhor Ator por “O Banheiro do Papa” prêmio Morosoli a experiência em teatro e cinema.
No exterior: Melhor ator estrangeiro no Festival de Gramado em duas oportunidades (para “O Banheiro do Papa” e “A Oeste do Fim do Mundo”), melhor ator para “O Banheiro do Papa” nos festivais de San Luis ( Argentina), Viña del Mar (Chile), Sergipe (Brasil) e os “Encontros Sudamericaines de Cinema” (França).
Para o filme “Circular” direção Alysson Muritiba (Brasil) recebeu o prêmio de Melhor Ator no Festival de Blumenau e por “Infância Clandestina”, o Prêmio Sur como melhor ator coadjuvante na Argentina.
Neste ano de 2018, ele recebeu o prêmio de melhor ator no Festival Internacional de Cinema de Miami para o filme “A Outra História do Mundo”, de Guillermo Casanova.

Histórico

CINEMA

– 2018 – Memorias Del Calabozo – Direção Álvaro Brechner
– 2018 – Benzinho – Direção Gustavo Pizzi
– 2017 – O Avental Rosa – Direção Jayme Monjardim
– 2017 – Ojos de Madera – Direção Roberto Suárez e Germán Tejeira
– 2017 – A Outra História Del Mundo – Direção Guillermo Casanova
– 2017 – Mi Mundial – Direção Carlos Andrés Morelli
– 2017 – A Superfície da Sombra – Direção Paulo Nascimento
– 2017 – Em Pampero – Direção Matías Lucchesi
– 2017 – E Sereno – Direção Oscar Estévez e Joaquim Mauad
– 2017 – O Vendedor de Sonhos – Direção Jayme Monjardim
– 2016 – El Candidato – Direção Daniel Hendler
– 2016 – Elis – Direção Hugo Prata
– 2016 – Os Golfinhos Vão para o Leste – Direção Gonzalo Delgado e Verónica Perrotta
– 2015 – Prova de Coragem – Direção Roberto Gervitz
– 2014 – Zanahoria – Direção Enrique Buchichio
– 2013 – Anina (animação) – Direção Alfredo Soderguit
– 2013 – O Tempo e o Vento – Direção Jayme Monjardim
– 2013 – A Oeste do Fim do Mundo – Direção Paulo Nascimento
– 2013 – Esclavo de Dios – Direção Joel Novoa
– 2013 – Faroeste Caboclo – Direção René Sampaio
– 2012 – Flacas Vacas – Direção Santiago Svirsky
– 2011 – Circular – Direção Fábio Allon, Alysson Muritiba, Adriano Esturilho, Bruno de Oliveira e Diego Florentino
– 2011 – Hoje – Direção Tata Amaral
– 2011 – Infância Clandestina – Direção Benjamín Ávila
– 2010 – Norberto apenas tarde – Direção Daniel Hendler
– 2009 – Em Teu Nome – Direção Paulo Nascimento
– 2009 – El Cuarto de Leo – Direção Enrique Buchichio
– 2009 – Mal día para pescar – Direção Álvaro Brechner
– 2008 – Paisito – Direção Ana Díez
– 2007 – O Banheiro do Papa – Direção César Charlone e Enrique Fernández
– 2007 – XXY – Direção Lucía Puenzo
– 2007 – Matar a Todos – Direção Esteban Schroeder
– 2003 – El viaje hacia el mar – Direção Guillermo Casanova e Julio César Castro
– 2002 – Perro Perdido – Direção Daniel Hendler e Arauco Hernández Holz

CURTAS

– 2016 – El Mago No Viene – Diego Ferrando (clipe)
– 2015 – O Corpo – Direção Lucas Cassales
– 2012 – La Mujer Rota – Direção Jeremias Segovia
– 2010 – Hasta que salga el sol – Direção Matías Ventura e Santiago Ventura
– 2008 Matrioshka – Direção Germán Tejeira e Julián Goyoaga

 

TELEVISÃO

– 2016 – Supermax (série) – Direção Daniel Burman
– 2016 – Amor ao Quadrado – Direção René Sampaio
– 2015 – O Hipnotizador (série) – Direção José Eduardo Belmonte e Alex Gabassi
– 2012/2013 – Rec (série) – Direção Matias Ganz e Rodrigo Lappado
– 2013 – Flor do Caribe (novela) – Direção Jayme Monjardim
– 2012 – Filé de Borboleta e Outros Causos (mini-serie)
– 2011 – Adicciones (série)
– 2009 – Charly em el aire (serie) – Direção Oscar Esteves

Prêmios

Prêmio de melhor ator no Festival de Blumenau com o filme "O Banheiro do Papa"
Prêmio de melhor ator no Festival Internacional de Cinema de Miami com o filme "Outra História do Mundo"
Prêmio de melhor ator no Festival de Gramado com o filme "O Banheiro do Papa"
Prêmio Iris de melhor ator com o filme "O Banheiro do Papa"

Locuções

Elementor #603

César Troncoso

Altura: 1.70m
Faixa etária:
Idiomas: Espanhol - Fluente • Inglês - Básico

Release

César Troncoso é um ator Uruguaio.
Estudou atuação no Teatro Uno com o ator e diretor Alberto Restuccia e mais tarde, na Escola de Teatro de La Gaviota, se graduou em 1991.
No Uruguai participou de mais de 25 peças de teatro, entre elas: “Tuya, Héctor!”, Dirigido por Fernando Toja; “Jogo das Damas Crueles”, “Destino de duas coisas ou de três” e “Extraviada” dirigido por Mariana Percovich; “Kapeluz”, “Rococó Kitsch” e “El bosque de Sasha” de Roberto Suarez entre outras.
Além de atuar em várias peças de teatro no Uruguai e na Argentina, também realiza trabalhos no Brasil e Espanha. Atuou em diversos longas, entre eles: “O vendedor de sonhos” 2016 – Direção Jayme Monjardim, “Elis” 2016 – Direção Hugo Prata, “Tim Maia” 2014 – Direção Mauro Lima, “Faroeste Caboblo” 2013 – Direção René Sampaio, “O tempo e o vento” 2013 – Jayme Monjardim, “Infância Clandestina” 2012 – Direção Benjamín Ávila, “Em teu nome” 2009 – Direção Paulo Nascimento, “Cabeça a Prêmio” 2009 – Direção Marco Ricca, “Paisito” 2008 – Direção Ana Díez, “O Banheiro do Papa” 2007 – Direção César Charlone e Enrique Fernández.
Ele também tem se destacado em seu trabalho na televisão, tendo participado em 2013 para a novela “Flor do Caribe” TV Globo em 2015 na minissérie “O hipnotizador” para a HBO e, em 2016 na minissérie “Supermax Internacional” primeira produção da TV Globo feita inteiramente em espanhol e para o mercado de língua espanhola.
Ele recebeu vários prêmios no Uruguai e no exterior:
No Uruguai: Florencio Award de melhor ator por “Frozen”, de Mario Ferreira (teatro), Iris Award de Melhor Ator por “O Banheiro do Papa” prêmio Morosoli a experiência em teatro e cinema.
No exterior: Melhor ator estrangeiro no Festival de Gramado em duas oportunidades (para “O Banheiro do Papa” e “A Oeste do Fim do Mundo”), melhor ator para “O Banheiro do Papa” nos festivais de San Luis ( Argentina), Viña del Mar (Chile), Sergipe (Brasil) e os “Encontros Sudamericaines de Cinema” (França).
Para o filme “Circular” direção Alysson Muritiba (Brasil) recebeu o prêmio de Melhor Ator no Festival de Blumenau e por “Infância Clandestina”, o Prêmio Sur como melhor ator coadjuvante na Argentina.
Neste ano de 2018, ele recebeu o prêmio de melhor ator no Festival Internacional de Cinema de Miami para o filme “A Outra História do Mundo”, de Guillermo Casanova.

Histórico

CINEMA

– 2018 – Memorias Del Calabozo – Direção Álvaro Brechner
– 2018 – Benzinho – Direção Gustavo Pizzi
– 2017 – O Avental Rosa – Direção Jayme Monjardim
– 2017 – Ojos de Madera – Direção Roberto Suárez e Germán Tejeira
– 2017 – A Outra História Del Mundo – Direção Guillermo Casanova
– 2017 – Mi Mundial – Direção Carlos Andrés Morelli
– 2017 – A Superfície da Sombra – Direção Paulo Nascimento
– 2017 – Em Pampero – Direção Matías Lucchesi
– 2017 – E Sereno – Direção Oscar Estévez e Joaquim Mauad
– 2017 – O Vendedor de Sonhos – Direção Jayme Monjardim
– 2016 – El Candidato – Direção Daniel Hendler
– 2016 – Elis – Direção Hugo Prata
– 2016 – Os Golfinhos Vão para o Leste – Direção Gonzalo Delgado e Verónica Perrotta
– 2015 – Prova de Coragem – Direção Roberto Gervitz
– 2014 – Zanahoria – Direção Enrique Buchichio
– 2013 – Anina (animação) – Direção Alfredo Soderguit
– 2013 – O Tempo e o Vento – Direção Jayme Monjardim
– 2013 – A Oeste do Fim do Mundo – Direção Paulo Nascimento
– 2013 – Esclavo de Dios – Direção Joel Novoa
– 2013 – Faroeste Caboclo – Direção René Sampaio
– 2012 – Flacas Vacas – Direção Santiago Svirsky
– 2011 – Circular – Direção Fábio Allon, Alysson Muritiba, Adriano Esturilho, Bruno de Oliveira e Diego Florentino
– 2011 – Hoje – Direção Tata Amaral
– 2011 – Infância Clandestina – Direção Benjamín Ávila
– 2010 – Norberto apenas tarde – Direção Daniel Hendler
– 2009 – Em Teu Nome – Direção Paulo Nascimento
– 2009 – El Cuarto de Leo – Direção Enrique Buchichio
– 2009 – Mal día para pescar – Direção Álvaro Brechner
– 2008 – Paisito – Direção Ana Díez
– 2007 – O Banheiro do Papa – Direção César Charlone e Enrique Fernández
– 2007 – XXY – Direção Lucía Puenzo
– 2007 – Matar a Todos – Direção Esteban Schroeder
– 2003 – El viaje hacia el mar – Direção Guillermo Casanova e Julio César Castro
– 2002 – Perro Perdido – Direção Daniel Hendler e Arauco Hernández Holz

CURTAS

– 2016 – El Mago No Viene – Diego Ferrando (clipe)
– 2015 – O Corpo – Direção Lucas Cassales
– 2012 – La Mujer Rota – Direção Jeremias Segovia
– 2010 – Hasta que salga el sol – Direção Matías Ventura e Santiago Ventura
– 2008 Matrioshka – Direção Germán Tejeira e Julián Goyoaga

 

TELEVISÃO

– 2016 – Supermax (série) – Direção Daniel Burman
– 2016 – Amor ao Quadrado – Direção René Sampaio
– 2015 – O Hipnotizador (série) – Direção José Eduardo Belmonte e Alex Gabassi
– 2012/2013 – Rec (série) – Direção Matias Ganz e Rodrigo Lappado
– 2013 – Flor do Caribe (novela) – Direção Jayme Monjardim
– 2012 – Filé de Borboleta e Outros Causos (mini-serie)
– 2011 – Adicciones (série)
– 2009 – Charly em el aire (serie) – Direção Oscar Esteves

Prêmios:

• Prêmio de melhor ator no Festival de Blumenau com o filme "O Banheiro do Papa"

• Prêmio de melhor ator no Festival Internacional de Cinema de Miami com o filme "Outra História do Mundo"

• Prêmio de melhor ator no Festival de Gramado com o filme "O Banheiro do Papa"

• Prêmio Iris de melhor ator com o filme "O Banheiro do Papa"

Outros artistas relacionados

18.1K
Altura: 1,77m