VGI Agentes

Joca Andreazza
Grupo(s): Atores

Joca Andreazza

Idiomas: Italiano – Fluente • Espanhol - Básico
Faixa Etária: acima de 50 anos
Gênero: Masculino
Altura: 1.74m

Release

João Carlos Andreazza tem quinze anos de trabalho profissional como ator, diretor, mascareiro, aderecista e professor. Formado em Artes Cênicas pela UNICAMP, foi docente nesta instituição por dois anos. Na UNISO – Universidade de Sorocaba trabalhou por três anos como docente na formação de Arte-educadores ministrando as disciplinas práticas e laboratórios. Foi bolsista do FAP-Funcamp (Fundação de Apoio à Pesquisa de UNICAMP), onde desenvolveu o projeto de pesquisa intitulado “Um estudo da comédia do Renascimento italiano”. Ministrando cursos sobre o trabalho do ator com a máscara em várias cidades do Brasil, Peru, Londres na Queen’s Mary University e em Claremont Center e em Colima no México na Universidade de Colima. Organizou junto ao SESC-Carmo a primeira mostra Sesc de Teatro de Rua com grupos Nacionais e Internacionais. Iniciou a implantação do Núcleo de Teatro de Rua da Oficina Mazzaropi e implantou dentro da UNISO Universidade de Sorocaba o NUTRU núcleo universitário de teatro de rua. Ministrou palestras sobre o tema “Teatro de rua” em várias cidades do estado de São Paulo, em Recife na UFPE – Universidade Federal de Pernambuco e no Rio de Janeiro na UNIRIO. Ministrou palestras e oficinas de Commedia dell’Arte no Brasil, Peru, Londres, Colima no México. Em sua carreira de ator destacam-se, “A Bilha Quebrada”, “Os Lusíadas”, como personagem narrador do espetáculo e “Agreste”, que recebeu os prêmios Shell e APCA de melhor texto, além de sua indicação de melhor ator para o prêmio Shell e Prêmio Qualidade Brasil de 2004.
Na televisão participou do projeto de Teleteatro da Rede Cultura “Onde Canta o Sabiá”, e na Rede Globo participou da minissérie “Carandiru outras estórias”.
Atuou na peça “CLOSER” de Patrick Marber e participa do projeto Pedrinho da Secretaria de Estado da Cultura com apoio do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) na implantação das Fábricas de Cultura e participou como o personagem Durval da novela “A Favorita” na Rede Globo. Recentemente fez “O Caçador” na TV Globo .

FORMAÇÃO ARTÍSTICA
Unicamp – Bacharel em Artes Cênicas

Histórico

TELEVISÃO

– ” O Outro Lado do Paraíso”
– “Escola de Gênios”
– “Carcereiros”
– “O Caçador”
– “Passione”
– “Carandiru – Outras Histórias”

 

CINEMA

– “Policia Federal – A lei é para todos”
– “Longa Amigas de Sorte”
– “Pinball”
– “Esboço para Fotografia”
– “Faça sua Escolha”

 

TEATRO

– “Assim é (se lhe parece)”
– “Invasores”
– “Os Lusíadas”
– “A Bilha Quebrada”
– “Agreste”
– “Anatomia Frozen”
– “Estrada Passatempo”
– “Closer”
– “A Ilusão Cômica”

Aptidões

■ Pratica judô e natação
■ Circo: malabares, perna de pau e acrobacias
■ Dança de salão, jazz e moderna
■ Toca flauta transversal e percussão

Prêmios

APCA
SHELL

Locuções

Elementor #603

Joca Andreazza

Altura: 1.74m
Faixa etária:
Idiomas: Italiano – Fluente • Espanhol - Básico

Release

João Carlos Andreazza tem quinze anos de trabalho profissional como ator, diretor, mascareiro, aderecista e professor. Formado em Artes Cênicas pela UNICAMP, foi docente nesta instituição por dois anos. Na UNISO – Universidade de Sorocaba trabalhou por três anos como docente na formação de Arte-educadores ministrando as disciplinas práticas e laboratórios. Foi bolsista do FAP-Funcamp (Fundação de Apoio à Pesquisa de UNICAMP), onde desenvolveu o projeto de pesquisa intitulado “Um estudo da comédia do Renascimento italiano”. Ministrando cursos sobre o trabalho do ator com a máscara em várias cidades do Brasil, Peru, Londres na Queen’s Mary University e em Claremont Center e em Colima no México na Universidade de Colima. Organizou junto ao SESC-Carmo a primeira mostra Sesc de Teatro de Rua com grupos Nacionais e Internacionais. Iniciou a implantação do Núcleo de Teatro de Rua da Oficina Mazzaropi e implantou dentro da UNISO Universidade de Sorocaba o NUTRU núcleo universitário de teatro de rua. Ministrou palestras sobre o tema “Teatro de rua” em várias cidades do estado de São Paulo, em Recife na UFPE – Universidade Federal de Pernambuco e no Rio de Janeiro na UNIRIO. Ministrou palestras e oficinas de Commedia dell’Arte no Brasil, Peru, Londres, Colima no México. Em sua carreira de ator destacam-se, “A Bilha Quebrada”, “Os Lusíadas”, como personagem narrador do espetáculo e “Agreste”, que recebeu os prêmios Shell e APCA de melhor texto, além de sua indicação de melhor ator para o prêmio Shell e Prêmio Qualidade Brasil de 2004.
Na televisão participou do projeto de Teleteatro da Rede Cultura “Onde Canta o Sabiá”, e na Rede Globo participou da minissérie “Carandiru outras estórias”.
Atuou na peça “CLOSER” de Patrick Marber e participa do projeto Pedrinho da Secretaria de Estado da Cultura com apoio do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) na implantação das Fábricas de Cultura e participou como o personagem Durval da novela “A Favorita” na Rede Globo. Recentemente fez “O Caçador” na TV Globo .

FORMAÇÃO ARTÍSTICA
Unicamp – Bacharel em Artes Cênicas

Histórico

TELEVISÃO

– ” O Outro Lado do Paraíso”
– “Escola de Gênios”
– “Carcereiros”
– “O Caçador”
– “Passione”
– “Carandiru – Outras Histórias”

 

CINEMA

– “Policia Federal – A lei é para todos”
– “Longa Amigas de Sorte”
– “Pinball”
– “Esboço para Fotografia”
– “Faça sua Escolha”

 

TEATRO

– “Assim é (se lhe parece)”
– “Invasores”
– “Os Lusíadas”
– “A Bilha Quebrada”
– “Agreste”
– “Anatomia Frozen”
– “Estrada Passatempo”
– “Closer”
– “A Ilusão Cômica”

Aptidões:

> Pratica judô e natação

> Circo: malabares, perna de pau e acrobacias

> Dança de salão, jazz e moderna

> Toca flauta transversal e percussão
Prêmios:

• APCA

• SHELL