José Sampaio
Grupo(s): AtoresLocutores

José Sampaio

Idiomas: Português - Fluente / Inglês - Fluente / Espanhol - Intermediário
Faixa Etária: 30 a 40 anos
Gênero: Masculino
Altura: 1.81m

Release

Ator, diretor, escritor e produtor de artes cênicas. Formado pelo CPT de Antunes Filho, pelo curso de Atuação da SP Escola de Teatro e em Palhaço pelos Doutores da Alegria. É também Bacharel em Economia pela Universidade de São Paulo (FEA-USP), ganhador do prêmio de melhor tese em Economia da Arte e da Cultura de 2009.

Realizou mais de 30 obras como ator, diretor e dramaturgo, entre peças teatrais, séries, curtas-metragens, performances e obras multimídias em trabalhos autorais e dentro de importantes companhias e produções de São Paulo.

No Teatro, entre os trabalhos que realizou como ator estão: “Roberto Zucco”, de 2010, vencedora dos prêmios Shell, APCA e Cooperativa de Teatro; “Cabaret Stravaganza”, premiada com o Shell em 2012; “Vestido de Noiva”, 2012; “Édipo na Praça”, 2013; “E Se Fez A Humanidade Ciborgue em 7 Dias”, 2014; “Adormecidos”, 2014 todas dirigidas por Rodolfo García Vázquez na companhia Os Satyros. Também atuou nas peças: “Terra dos Outros Felizes”, 2017, de Michelle Ferreira; “O Enigma Voynich”, 2016, e “frequência_ausente.doc”, 2019, da ExCompanhia de Teatro; “Falalinda”, 2019 e “Rapte-me Agora!”, 2020-2021, direções de Cynthia Falabella.

Em “Fim de Show”, 2012 e “Teatro App”, 2015, atuou dirigiu e escreveu. Dirigiu o coletivo Corpos em Fluxo entre 2014 e 2015, realizando uma série de intervenções urbanas em diversos pontos da cidade de São Paulo. Foi também diretor da peça “Mim, a Menina Mundo”, 2018, da Caxote Coletivo.

No Audiovisual, atuou nas premiadas séries “A Menina Sem Qualidades”, dirigida por Felipe Hirsch para a MTV e “O Negócio” da HBO. Também esteve em diversos curtas-metragens, entre eles “O Filme Morto” de Mariana Murad e “Domingo Preguiça” de Thiago Abe.

Durante o período de pandemia produziu e atuou nas séries para internet: “NA CAMA” e “Música Desaparecendo no Rosto”, ambas disponíveis nas redes sociais da [C A S A _ coletivo de arte].

 

 

Histórico

TEATRO – ATOR

 

2020-2021 – “Rapte-me Agora!”. Texto: Ed Anderson. Direção: Cynthia Falabella. Produção: Nosso Cultural.

2019 – “Falalinda”. Texto: Lívia Gaudêncio. Direção: Cynthia Falabella. O Trem Companhia de Teatro.

2019 – “frequência_ausente.doc”. Texto: Gustavo Vaz. Direção: Bernardo Galegale e Gustavo Vaz. ExCompanhia de Teatro.

2017 – “Terra dos Outros Felizes”. Texto: Michelle Ferreira. Direção: Vanessa Guillen.

2016 – “O Enigma Voynich”. Texto: Gustavo Vaz. Direção: Bernardo Galegale e Gustavo Vaz. ExCompanhia de Teatro.

2016 – “Os Servos de Pan”. Texto e Direção: Dino Biardi e Marília Duarte. Terra Nova Teatro.

2014 – “E Se Fez a Humanidade Ciborgue em 7 Dias”. Coordenação Geral: Rodolfo Garcia Vázquez. Texto: O grupo.

Co-direção na peça: “Não Saberás”. Cia de Teatro Os Satyros.

2013-2014 – “Adormecidos”. Texto de Jon Fosse. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

2013 – “Édipo na Praça” baseado no texto original de Sófocles. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

2012 – “Fim de Show”. Concepção, Texto e Direção. Umbílicos Grupo.

2012 – “Vestido de Noiva”. Texto de Nelson Rodrigues. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

2011 – “Cabaret Stravaganza”. Texto de Maria Shu. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

2010-2011 – “Roberto Zucco”. Texto de Bernard-Marie Koltès. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

201-2011 – “Liz”. Texto de Reinaldo Montero. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro os Satyros.

2011 – “Fausto in progress”. Concepção e Atuação. Direção: Luciana Ramin. Agrupamento Andar 7.

*destaque da Mostra Experimentos do Tusp 2011

2010 – “Hamlet Machine”. Texto de Heiner Müller. Direção: Luciana Ramin. Agrupamento Andar 7.

2010 – “Um Inimigo do Povo”. Texto de Henrik Ibsen. Direção: Vanessa Guillen. Experimento da SP Escola de Teatro.

2010 – “Novo Manual Prático para o Anonimato”. Texto: O grupo. Direção: Andressa Cabral. Cia Teatro No Sufoco.

2009 – “Tio Vânia”. Texto de Anton Tchekhov. Direção: José Sampaio. Mostra de Teatro Universitário.

2009 – “Salomé”. Texto de Oscar Wilde. Direção: José Sampaio. Mostra de Teatro Universitário.

2008 – “Manual Prático para o Anonimato”. Texto: O grupo. Direção: Andressa Cabral. Cia Teatro No Sufoco.

2007 – “The Clue” – texto do grupo. Direção: Thaís Friedmann. 31º Cultura Inglesa Drama Festival.

2007 – “On Monday Next” – texto de Philip King. Direção: Thaís Friedmann. 31º Cultura Inglesa Drama Festival.

*prêmio de melhor ator do festival.

 

AUDIOVISUAL – ATOR

 

2020 – “Música Desaparecendo no Rosto”. Série para Internet. Escrita por: Daniel Graziane. Direção e Atuação: José Sampaio.

2020 – “NA CAMA”. Série para Internet. Concepção, Direção e Atuação: Bárbara Salomé e José Sampaio.

2018 – “O Filme Morto”. Curta-metragem. Direção: Marina Murad.

2018 – “Os Futuristas”. Curta-metragem. Direção: Bruno Loos.

2015 – “Domingo Preguiça”. Curta-metragem. Direção: Thiago Abe.

2015 – “O Negócio”. Série para TV. Produção: HBO. Direção: Michel Tikhomiroff e Júlia Jordão.

2013 – “A Menina sem Qualidades”. Série para TV. Produção: MTV e Quanta. Direção: Felipe Hirsch.

2013 – “ODE”. Curta-metragem. Direção: Thiago Abe.

2010 – “Jantar e Noivado”. Curta-metragem. Direção: Rita Catunda.

2010 “Alfredo”. Curta-metragem. Direção: Guilherme Valle.

2009 – “Monólogo”. Curta-metragem. Direção: Guilherme Valle.

 

TEATRO E AUDIOVISUAL – DIRETOR

 

2020 –  “Música Desaparecendo no Rosto”. Série para Internet. Texto: Daniel Graziane.

2020 – “NA CAMA”. Série para Internet. Criação: Bárbara Salomé e José Sampaio.

2018 – 2017 – “Mim, a Menina Mundo”. Texto: Bárbara Salomé. Caxote Coletivo.

2016 – “Maria / Woyzeck”. Teatro de Narradores. Núcleo de Estudos.

2015 – “Teatro APP”. Goitacá Produções.

2014 – “Mitos Indígenas”. Criação coletiva. Cia de Teatro Os Satyros.

2014 – “Alguém Vai Vir”. Texto: Jon Fosse. Cia de Teatro Os Satyros.

2014 – “Sou o Vento”. Texto: Jon Fosse. Cia de Teatro Os Satyros.

2013 – “Espera”. Texto: O Grupo. Oficina Livre de Teatro Os Satyros.

2013 – “[FE]Menino”. Texto: O Grupo. Oficina Livre de Teatro Os Satyros.

 

TEATRO E AUDIOVISUAL – Dramaturgo

 

2020 – “NA CAMA”. Série para Internet. [C A S A _ coletivo de arte].

2017 – “a menina que queria ser um cavalo”. [C A S A _ coletivo de arte].

2015 – “Teatro APP”. Goitacá Produções.

2012 – “Fim de Show”. Umbílicos Grupo.

Aptidões

■ Canto: popular; Instrumentos: Violão, Guitarra, Baixo, Bateria, Percussão e Gaita; Esportes: Natação, Corrida, Futebol, Vôlei, Basquete e Handebol; Condução: Carro e Bicicleta.

Prêmios

2009 - Universidade de São Paulo (FEA-USP) - ganhador do prêmio de Melhor Tese em Economia da Arte e da Cultura.

 

Locuções

Elementor #603

José Sampaio

Altura: 1.81m
Faixa etária:
Idiomas: Português - Fluente • Inglês - Fluente • Espanhol - Intermediário

Release

Ator, diretor, escritor e produtor de artes cênicas. Formado pelo CPT de Antunes Filho, pelo curso de Atuação da SP Escola de Teatro e em Palhaço pelos Doutores da Alegria. É também Bacharel em Economia pela Universidade de São Paulo (FEA-USP), ganhador do prêmio de melhor tese em Economia da Arte e da Cultura de 2009.

Realizou mais de 30 obras como ator, diretor e dramaturgo, entre peças teatrais, séries, curtas-metragens, performances e obras multimídias em trabalhos autorais e dentro de importantes companhias e produções de São Paulo.

No Teatro, entre os trabalhos que realizou como ator estão: “Roberto Zucco”, de 2010, vencedora dos prêmios Shell, APCA e Cooperativa de Teatro; “Cabaret Stravaganza”, premiada com o Shell em 2012; “Vestido de Noiva”, 2012; “Édipo na Praça”, 2013; “E Se Fez A Humanidade Ciborgue em 7 Dias”, 2014; “Adormecidos”, 2014 todas dirigidas por Rodolfo García Vázquez na companhia Os Satyros. Também atuou nas peças: “Terra dos Outros Felizes”, 2017, de Michelle Ferreira; “O Enigma Voynich”, 2016, e “frequência_ausente.doc”, 2019, da ExCompanhia de Teatro; “Falalinda”, 2019 e “Rapte-me Agora!”, 2020-2021, direções de Cynthia Falabella.

Em “Fim de Show”, 2012 e “Teatro App”, 2015, atuou dirigiu e escreveu. Dirigiu o coletivo Corpos em Fluxo entre 2014 e 2015, realizando uma série de intervenções urbanas em diversos pontos da cidade de São Paulo. Foi também diretor da peça “Mim, a Menina Mundo”, 2018, da Caxote Coletivo.

No Audiovisual, atuou nas premiadas séries “A Menina Sem Qualidades”, dirigida por Felipe Hirsch para a MTV e “O Negócio” da HBO. Também esteve em diversos curtas-metragens, entre eles “O Filme Morto” de Mariana Murad e “Domingo Preguiça” de Thiago Abe.

Durante o período de pandemia produziu e atuou nas séries para internet: “NA CAMA” e “Música Desaparecendo no Rosto”, ambas disponíveis nas redes sociais da [C A S A _ coletivo de arte].

 

 

Histórico

TEATRO – ATOR

 

2020-2021 – “Rapte-me Agora!”. Texto: Ed Anderson. Direção: Cynthia Falabella. Produção: Nosso Cultural.

2019 – “Falalinda”. Texto: Lívia Gaudêncio. Direção: Cynthia Falabella. O Trem Companhia de Teatro.

2019 – “frequência_ausente.doc”. Texto: Gustavo Vaz. Direção: Bernardo Galegale e Gustavo Vaz. ExCompanhia de Teatro.

2017 – “Terra dos Outros Felizes”. Texto: Michelle Ferreira. Direção: Vanessa Guillen.

2016 – “O Enigma Voynich”. Texto: Gustavo Vaz. Direção: Bernardo Galegale e Gustavo Vaz. ExCompanhia de Teatro.

2016 – “Os Servos de Pan”. Texto e Direção: Dino Biardi e Marília Duarte. Terra Nova Teatro.

2014 – “E Se Fez a Humanidade Ciborgue em 7 Dias”. Coordenação Geral: Rodolfo Garcia Vázquez. Texto: O grupo.

Co-direção na peça: “Não Saberás”. Cia de Teatro Os Satyros.

2013-2014 – “Adormecidos”. Texto de Jon Fosse. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

2013 – “Édipo na Praça” baseado no texto original de Sófocles. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

2012 – “Fim de Show”. Concepção, Texto e Direção. Umbílicos Grupo.

2012 – “Vestido de Noiva”. Texto de Nelson Rodrigues. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

2011 – “Cabaret Stravaganza”. Texto de Maria Shu. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

2010-2011 – “Roberto Zucco”. Texto de Bernard-Marie Koltès. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro Os Satyros.

201-2011 – “Liz”. Texto de Reinaldo Montero. Direção: Rodolfo Garcia Vázquez. Cia de Teatro os Satyros.

2011 – “Fausto in progress”. Concepção e Atuação. Direção: Luciana Ramin. Agrupamento Andar 7.

*destaque da Mostra Experimentos do Tusp 2011

2010 – “Hamlet Machine”. Texto de Heiner Müller. Direção: Luciana Ramin. Agrupamento Andar 7.

2010 – “Um Inimigo do Povo”. Texto de Henrik Ibsen. Direção: Vanessa Guillen. Experimento da SP Escola de Teatro.

2010 – “Novo Manual Prático para o Anonimato”. Texto: O grupo. Direção: Andressa Cabral. Cia Teatro No Sufoco.

2009 – “Tio Vânia”. Texto de Anton Tchekhov. Direção: José Sampaio. Mostra de Teatro Universitário.

2009 – “Salomé”. Texto de Oscar Wilde. Direção: José Sampaio. Mostra de Teatro Universitário.

2008 – “Manual Prático para o Anonimato”. Texto: O grupo. Direção: Andressa Cabral. Cia Teatro No Sufoco.

2007 – “The Clue” – texto do grupo. Direção: Thaís Friedmann. 31º Cultura Inglesa Drama Festival.

2007 – “On Monday Next” – texto de Philip King. Direção: Thaís Friedmann. 31º Cultura Inglesa Drama Festival.

*prêmio de melhor ator do festival.

 

AUDIOVISUAL – ATOR

 

2020 – “Música Desaparecendo no Rosto”. Série para Internet. Escrita por: Daniel Graziane. Direção e Atuação: José Sampaio.

2020 – “NA CAMA”. Série para Internet. Concepção, Direção e Atuação: Bárbara Salomé e José Sampaio.

2018 – “O Filme Morto”. Curta-metragem. Direção: Marina Murad.

2018 – “Os Futuristas”. Curta-metragem. Direção: Bruno Loos.

2015 – “Domingo Preguiça”. Curta-metragem. Direção: Thiago Abe.

2015 – “O Negócio”. Série para TV. Produção: HBO. Direção: Michel Tikhomiroff e Júlia Jordão.

2013 – “A Menina sem Qualidades”. Série para TV. Produção: MTV e Quanta. Direção: Felipe Hirsch.

2013 – “ODE”. Curta-metragem. Direção: Thiago Abe.

2010 – “Jantar e Noivado”. Curta-metragem. Direção: Rita Catunda.

2010 “Alfredo”. Curta-metragem. Direção: Guilherme Valle.

2009 – “Monólogo”. Curta-metragem. Direção: Guilherme Valle.

 

TEATRO E AUDIOVISUAL – DIRETOR

 

2020 –  “Música Desaparecendo no Rosto”. Série para Internet. Texto: Daniel Graziane.

2020 – “NA CAMA”. Série para Internet. Criação: Bárbara Salomé e José Sampaio.

2018 – 2017 – “Mim, a Menina Mundo”. Texto: Bárbara Salomé. Caxote Coletivo.

2016 – “Maria / Woyzeck”. Teatro de Narradores. Núcleo de Estudos.

2015 – “Teatro APP”. Goitacá Produções.

2014 – “Mitos Indígenas”. Criação coletiva. Cia de Teatro Os Satyros.

2014 – “Alguém Vai Vir”. Texto: Jon Fosse. Cia de Teatro Os Satyros.

2014 – “Sou o Vento”. Texto: Jon Fosse. Cia de Teatro Os Satyros.

2013 – “Espera”. Texto: O Grupo. Oficina Livre de Teatro Os Satyros.

2013 – “[FE]Menino”. Texto: O Grupo. Oficina Livre de Teatro Os Satyros.

 

TEATRO E AUDIOVISUAL – Dramaturgo

 

2020 – “NA CAMA”. Série para Internet. [C A S A _ coletivo de arte].

2017 – “a menina que queria ser um cavalo”. [C A S A _ coletivo de arte].

2015 – “Teatro APP”. Goitacá Produções.

2012 – “Fim de Show”. Umbílicos Grupo.

Aptidões:

> Canto: popular; Instrumentos: Violão, Guitarra, Baixo, Bateria, Percussão e Gaita; Esportes: Natação, Corrida, Futebol, Vôlei, Basquete e Handebol; Condução: Carro e Bicicleta.
Prêmios:

• 2009 - Universidade de São Paulo (FEA-USP) - ganhador do prêmio de Melhor Tese em Economia da Arte e da Cultura.

Outros artistas relacionados