Simone Iliescu
Grupo(s): Atores

Simone Iliescu

Idiomas: Inglês - Básico / Espanhol - Básico
Faixa Etária: 41 a 50 anos
Gênero: Feminino
Altura: 1.71m

Release

Atriz premiada, Simone levou em 2016 o prêmio de melhor atriz no “CINE-PE” por sua atuação em “Leste Oeste”.Em 2015 levou também o prêmio de melhor atriz pelo longa “O Outro Lado do Paraíso” na Mostra Brasília do “Festival de Brasília do Cinema Brasileiro”. Além dos prêmios “Festin Lisboa 2014”, “Festival de Cinema Luso Brasileiro-Santa Maria da Feira 2013” (Portugal), “Festival de Cinema de Triunfo 2013” e “Festival Guarnicê de Cinema 2013” por sua atuação no filme “Cores”, além do prêmio por Cynthia em “Corpo Presente” na Mostra de Cinema de Marília e Menção Honrosa na Mostra Londrina de Cinema.

No cinema, sua carreira começou em 1994 com o filme “Puberdade” de Aloysio Raulino. Seguiram-se muitos outros, entre eles “O Homem Mau Dorme Bem” de Geraldo Moraes, “Bruna Surfistinha” de Marcus Baldini, “Corpo Presente” de Marcelo Toledo e Paolo Gregori, “Homens Com Cheiro de Flor” de Joe Pimentel, “Eu Não Digo Adeus, Digo Até Logo“ de Giuliana Monteiro, “Cores” de Francisco Garcia, “Riocorrente” de Paulo Sacramento, “O Outro Lado do Paraíso” de André Ristum, e “Sobre Rodas” de Mauro D´Addio.

Na TV participou das séries “ASSÉDIO” (globo) dir. Amora Mautner, “13 Dias Longe do Sol” (globo) dir. Luciano Moura, “Pacto de Sangue” (Netflix/Space) dir. Adrián Caetano, “Descalço Sobre a Terra Vermelha” (série espanhola filmada no Araguaia e em Barcelona/TVE Espanha) dir. Oriol Ferrer, “PSI” (HBO) de Contardo Calligaris, “Maysa” (globo) dir. Jayme Monjardim, “Mad Maria” (globo), além da novela “O Profeta” (globo).

No teatro foi integrante, por oito anos, do grupo Macunaíma dirigido por Antunes Filho onde além de atriz foi também assistente de direção. Lá, participou dos espetáculos “Medéia”, “A Pedra do Reino”, “Pret-à-Portêr 9”, e “Abra a Janela Antes de Começar”. Fora da Companhia também trabalhou com outros diretores como Nelson Baskerville, Marcelo Fonseca, Stephan Stroux…

Atualmente está em cartaz nos cinemas com o filme “O Olho e a Faca” de Paulo Sacramento, e no ar com as séries “Pacto de Sangue” (netflix), “Escola de Gênios” (gloob) e “Assédio” (globo).

 

FORMAÇÃO ARTÍSTICA

CPT – Centro de Pesquisa Teatral do SESC – durante sete anos, integrante do grupo coordenado por Antunes Filho, como atriz, assistente de direção, integrante do Círculo e Dramaturgia, e professora do Curso de Introdução ao Método do Ator.
Curso Profissionalizante Escola Superior de Artes Célia Helena – 1994/1997
Teatro Vento Forte – 1987/1992

Histórico

TELEVISÃO

– 2019 – “Assédio” – Rede Globo – Direção Amora Mautner
– 2018/2019 – “Escola de Gênios” – Gloob – Direção Marcelo Cordeiro
– 2017 – “13 dias longe do Sol” – Rede Globo – Direção Luciano Moura
– 2017 – “Pacto de Sangue” – Canal Space – Direção Ádrian Caetano
– 2015 – “PSI” – HBO – Direção Marcus Baldini
– 2014 – “Descalço sobre a terra vermelha” – TVE ESPANHA – Série espanhola filmada no Araguaia e em Barcelona sobre a vida do Bispo Dom Pedro Casaldáliga – De Paco Esteban – Direção Oriol Ferrer
– 2009 – “Maysa” – Rede Globo – Direção Jayme Monjardim
– 2006 – “O Profeta” – Rede Globo – Direção Roberto Talma
– 2005 – “Mad Maria” – Rede Globo – Direção Ricardo Waddington

 

CINEMA

Longa
– 2019 – “A Espera de Liz” – Direção Bruno Torres.
– 2019 – “Leste Oeste” – Direção Rodrigo Grota
– 2017 – “Sobre Rodas” – Direção Mauro D´Addio
– 2017 – “O Olho e a faca” – Direção Paulo Sacramento
– 2017 – “A Espera de Liz” – Direção Bruno Torres
– 2016 – “Leste Oeste” – Direção Rodrigo Grota
– 2016 – “O Outro Lado do Paraíso” – Direção André Ristum
– 2015 – “Eu não digo adeus, digo até logo” – Direção Giuliana Monteiro
– 2014 – “Riocorrente” – Direção Paulo Sacramento
– 2013 – “Cores – Direção Francisco Garcia
– 2013 – “Corpo Presente” – Direção Marcelo Toledo e Paolo Gregori
– 2011 – “Bruna Surfistinha” – Direção Marcus Baldini
– 2010 – “Homens com cheiro de flor” – Direção Joe Pimentel
– 2010 – “Manual para se defender de alienígenas, zumbis e ninjas” – Curta Metragem – Direção André Moraes – Atriz e Produtora
– 2009 – “O homem mau dorme bem” – Direção Geraldo Moraes
– “CHATEAUBRIAND, Cabeça de Paraíba” – Direção Marcos Manhães Marins
– “Puberdade” – Curta Metragem – Direção Aloysio Raulino
Curta
– 2012 – “Sagrado Coração” – Curta Metragem – Direção Cauê Brandão
– 2010 – “Manual para se defender de alienígenas, zumbis e ninjas” – Direção André Moraes

 

TEATRO

– 2009 – “Abra a janela antes de começar”, Texto: Franz Kafka. Dramaturgia: Silvia Gomez. Direção: Fabio Mazzoni
– 2009/2008 – “PRÉT-À-PORTÊR 9” – Coordenação Antunes Filho
– 2007/2006 – “A Pedra do Reino” – Direção Antunes Filho – De Ariano Suassuna – Atriz e assistente de direção
– 2002/2000 – “Edéia” – Direção Antunes Filho – De Eurípedes
– 2000/1999 – “Quem come quem” – Dirigido pelo alemão Stephan Stroux e produzido pela Cena Lusófona, este espetáculo foi resultado de cinco meses de ensaios e pesquisa com o grupo residindo em Coimbra. O grupo era formado por representantes de sete países de língua portuguesa: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe – Dramaturgia: Sebastião Milaré – Temporadas em Portugal nas cidades de Braga, Porto e Coimbra
– 1999 – “A Floresta das Sereiais” – Direção Fernando Prata – De Ricardo Monteiro – Livremente inspirado nos mangás de Rumiko Takahashi
– 1999/1998 – “A flor e o concreto” – Direção Stephan Stroux – Dramaturgia: Sebastião Milaré
– 1998 – “Jogo de todas as coisas que há” – Direção Fernando Prata – Texto: André Sant´anna
– 1998/1997 – “O Balcão” – Direção Marcelo Fonseca – Texto: Jean Genet
– 1997 – “As águas vão rolar” – Direção Nelson Baskerville – Texto: Núcleo do Dez

Prêmios

CINE-PE - 2016 – Melhor Atriz em “Leste Oeste”
FESTIVAL DE BRASÍLIA - 2015 – Melhor Atriz em “O Outro Lado do Paraíso”
2014 - FESTin Lisboa/Portugal - (Prêmios de melhor atriz pelo filme "Cores")
2013 - Festival de Cinema Luso-Brasileiro - Santa Maria da Feira - Portugal - (Prêmios de melhor atriz pelo filme "Cores")
2013 - Festival de Cinema de Triunfo - PE - (Prêmios de melhor atriz pelo filme "Cores")
2013 - Festival Guarnicê de Cinema - MA - (Prêmios de melhor atriz pelo filme "Cores")
2011 - Melhor atriz na Mostra de Cinema de Marília - (Prêmios pelo filme Corpo Presente/Cynthia)
2011 - Menção honrosa na Mostra Londrina de Cinema - (Prêmios pelo filme Corpo Presente/Cynthia)

Locuções

Elementor #603

Simone Iliescu

Altura: 1.71m
Faixa etária:
Idiomas: Inglês - Básico • Espanhol - Básico

Release

Atriz premiada, Simone levou em 2016 o prêmio de melhor atriz no “CINE-PE” por sua atuação em “Leste Oeste”.Em 2015 levou também o prêmio de melhor atriz pelo longa “O Outro Lado do Paraíso” na Mostra Brasília do “Festival de Brasília do Cinema Brasileiro”. Além dos prêmios “Festin Lisboa 2014”, “Festival de Cinema Luso Brasileiro-Santa Maria da Feira 2013” (Portugal), “Festival de Cinema de Triunfo 2013” e “Festival Guarnicê de Cinema 2013” por sua atuação no filme “Cores”, além do prêmio por Cynthia em “Corpo Presente” na Mostra de Cinema de Marília e Menção Honrosa na Mostra Londrina de Cinema.

No cinema, sua carreira começou em 1994 com o filme “Puberdade” de Aloysio Raulino. Seguiram-se muitos outros, entre eles “O Homem Mau Dorme Bem” de Geraldo Moraes, “Bruna Surfistinha” de Marcus Baldini, “Corpo Presente” de Marcelo Toledo e Paolo Gregori, “Homens Com Cheiro de Flor” de Joe Pimentel, “Eu Não Digo Adeus, Digo Até Logo“ de Giuliana Monteiro, “Cores” de Francisco Garcia, “Riocorrente” de Paulo Sacramento, “O Outro Lado do Paraíso” de André Ristum, e “Sobre Rodas” de Mauro D´Addio.

Na TV participou das séries “ASSÉDIO” (globo) dir. Amora Mautner, “13 Dias Longe do Sol” (globo) dir. Luciano Moura, “Pacto de Sangue” (Netflix/Space) dir. Adrián Caetano, “Descalço Sobre a Terra Vermelha” (série espanhola filmada no Araguaia e em Barcelona/TVE Espanha) dir. Oriol Ferrer, “PSI” (HBO) de Contardo Calligaris, “Maysa” (globo) dir. Jayme Monjardim, “Mad Maria” (globo), além da novela “O Profeta” (globo).

No teatro foi integrante, por oito anos, do grupo Macunaíma dirigido por Antunes Filho onde além de atriz foi também assistente de direção. Lá, participou dos espetáculos “Medéia”, “A Pedra do Reino”, “Pret-à-Portêr 9”, e “Abra a Janela Antes de Começar”. Fora da Companhia também trabalhou com outros diretores como Nelson Baskerville, Marcelo Fonseca, Stephan Stroux…

Atualmente está em cartaz nos cinemas com o filme “O Olho e a Faca” de Paulo Sacramento, e no ar com as séries “Pacto de Sangue” (netflix), “Escola de Gênios” (gloob) e “Assédio” (globo).

 

FORMAÇÃO ARTÍSTICA

CPT – Centro de Pesquisa Teatral do SESC – durante sete anos, integrante do grupo coordenado por Antunes Filho, como atriz, assistente de direção, integrante do Círculo e Dramaturgia, e professora do Curso de Introdução ao Método do Ator.
Curso Profissionalizante Escola Superior de Artes Célia Helena – 1994/1997
Teatro Vento Forte – 1987/1992

Histórico

TELEVISÃO

– 2019 – “Assédio” – Rede Globo – Direção Amora Mautner
– 2018/2019 – “Escola de Gênios” – Gloob – Direção Marcelo Cordeiro
– 2017 – “13 dias longe do Sol” – Rede Globo – Direção Luciano Moura
– 2017 – “Pacto de Sangue” – Canal Space – Direção Ádrian Caetano
– 2015 – “PSI” – HBO – Direção Marcus Baldini
– 2014 – “Descalço sobre a terra vermelha” – TVE ESPANHA – Série espanhola filmada no Araguaia e em Barcelona sobre a vida do Bispo Dom Pedro Casaldáliga – De Paco Esteban – Direção Oriol Ferrer
– 2009 – “Maysa” – Rede Globo – Direção Jayme Monjardim
– 2006 – “O Profeta” – Rede Globo – Direção Roberto Talma
– 2005 – “Mad Maria” – Rede Globo – Direção Ricardo Waddington

 

CINEMA

Longa
– 2019 – “A Espera de Liz” – Direção Bruno Torres.
– 2019 – “Leste Oeste” – Direção Rodrigo Grota
– 2017 – “Sobre Rodas” – Direção Mauro D´Addio
– 2017 – “O Olho e a faca” – Direção Paulo Sacramento
– 2017 – “A Espera de Liz” – Direção Bruno Torres
– 2016 – “Leste Oeste” – Direção Rodrigo Grota
– 2016 – “O Outro Lado do Paraíso” – Direção André Ristum
– 2015 – “Eu não digo adeus, digo até logo” – Direção Giuliana Monteiro
– 2014 – “Riocorrente” – Direção Paulo Sacramento
– 2013 – “Cores – Direção Francisco Garcia
– 2013 – “Corpo Presente” – Direção Marcelo Toledo e Paolo Gregori
– 2011 – “Bruna Surfistinha” – Direção Marcus Baldini
– 2010 – “Homens com cheiro de flor” – Direção Joe Pimentel
– 2010 – “Manual para se defender de alienígenas, zumbis e ninjas” – Curta Metragem – Direção André Moraes – Atriz e Produtora
– 2009 – “O homem mau dorme bem” – Direção Geraldo Moraes
– “CHATEAUBRIAND, Cabeça de Paraíba” – Direção Marcos Manhães Marins
– “Puberdade” – Curta Metragem – Direção Aloysio Raulino
Curta
– 2012 – “Sagrado Coração” – Curta Metragem – Direção Cauê Brandão
– 2010 – “Manual para se defender de alienígenas, zumbis e ninjas” – Direção André Moraes

 

TEATRO

– 2009 – “Abra a janela antes de começar”, Texto: Franz Kafka. Dramaturgia: Silvia Gomez. Direção: Fabio Mazzoni
– 2009/2008 – “PRÉT-À-PORTÊR 9” – Coordenação Antunes Filho
– 2007/2006 – “A Pedra do Reino” – Direção Antunes Filho – De Ariano Suassuna – Atriz e assistente de direção
– 2002/2000 – “Edéia” – Direção Antunes Filho – De Eurípedes
– 2000/1999 – “Quem come quem” – Dirigido pelo alemão Stephan Stroux e produzido pela Cena Lusófona, este espetáculo foi resultado de cinco meses de ensaios e pesquisa com o grupo residindo em Coimbra. O grupo era formado por representantes de sete países de língua portuguesa: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe – Dramaturgia: Sebastião Milaré – Temporadas em Portugal nas cidades de Braga, Porto e Coimbra
– 1999 – “A Floresta das Sereiais” – Direção Fernando Prata – De Ricardo Monteiro – Livremente inspirado nos mangás de Rumiko Takahashi
– 1999/1998 – “A flor e o concreto” – Direção Stephan Stroux – Dramaturgia: Sebastião Milaré
– 1998 – “Jogo de todas as coisas que há” – Direção Fernando Prata – Texto: André Sant´anna
– 1998/1997 – “O Balcão” – Direção Marcelo Fonseca – Texto: Jean Genet
– 1997 – “As águas vão rolar” – Direção Nelson Baskerville – Texto: Núcleo do Dez

Prêmios:

• CINE-PE - 2016 – Melhor Atriz em “Leste Oeste”

• FESTIVAL DE BRASÍLIA - 2015 – Melhor Atriz em “O Outro Lado do Paraíso”

• 2014 - FESTin Lisboa/Portugal - (Prêmios de melhor atriz pelo filme "Cores")

• 2013 - Festival de Cinema Luso-Brasileiro - Santa Maria da Feira - Portugal - (Prêmios de melhor atriz pelo filme "Cores")

• 2013 - Festival de Cinema de Triunfo - PE - (Prêmios de melhor atriz pelo filme "Cores")

• 2013 - Festival Guarnicê de Cinema - MA - (Prêmios de melhor atriz pelo filme "Cores")

• 2011 - Melhor atriz na Mostra de Cinema de Marília - (Prêmios pelo filme Corpo Presente/Cynthia)

• 2011 - Menção honrosa na Mostra Londrina de Cinema - (Prêmios pelo filme Corpo Presente/Cynthia)

Outros artistas relacionados