Antoniela Canto
Grupo(s): Atores

Antoniela Canto

Idiomas: Inglês - Fluente
Faixa Etária: 41 a 50 anos
Gênero: Feminino
Altura: 1.73m

Release

A atriz Antoniela Canto já esteve em produções de sucesso tanto no teatro, quanto no cinema e TV.
No teatro já trabalhou com grandes diretores como Juliana Galdino, Marco Antonio Braz, Mário Bortolotto, Mauro Baptista Vedia, Luis Artur Nunes, Carla Candiotto e Alexandra Golik.Também é uma das fundadoras da Cia La Plongée, companhia de teatro diversas peças autorais em seu repertório: “Não se Deve Estar Sozinho à Noite Quando Começa a Esfriar, Pois Somos Lentos Demais Para Poder Fugir”, “Baixo Augusta”, “Dias e Noites”, “Patrimônio”, Separações (homenagem a Domingos Oliveira) e “Ondas Curtas”.
A Cia La Plongée também criou o “Quinta em Cena”, projeto mensal, onde são apresentados 3 textos curtos de dramaturgos contemporâneos. O “Quinta em Cena” já teve mais de 36 edições e Antoniela participou de quase todas, como atriz, diretora ou autora.
Na TV, podemos ver a atriz na série “Eu, Ela e Um Milhão de Seguidores” – série do Multishow, em “Mulher de Fases” – HBO, “O Negócio” – HBO – 2ª temporada), “PSI” – HBO – 1ªtemporada, “Doce de Mãe” – Tv Globo, “Sonhos de Abu” – Canal Brasil e “Elmiro Miranda Show” da TNT.
No cinema, atuou em “Chorar de Rir”, no curta metragem “Mariane com E”, premiado no Brasil e na França (Festival de Montpellier), com os prêmios de melhor filme (público e crítica), nesta produção, além de atuar, Antoniela divide o roteiro com o diretor do filme. Já o curta “Hospital da Memória”, de Pedro Andrade, levou prêmio de melhor roteiro e melhor direção no Festival Latino Americano de Canoa Quebrada.

Histórico

TELEVISÃO
– “Eu, Ela e Um Milhão de Seguidores”
– “Mulher de Fases”, comédia produzida pela HBO Brasil em parceria com a Casa de Cinema de Porto Alegre
– “Elmiro Miranda Show”, produzida pela Turner em parceira com a Paranoid FIlmes
– “PSI” – 1ª temporada, HBO Brasil em parceria com a Biônica Filmes
– “O Negócio”- 2ª temporada, pela HBO em parceria com a Mixer
– “Doce de Mãe”, para Rede Globo. Direção Jorge Furtado e Ana Luisa Azevedo
– “Sonhos de Abu”, de André Abujamra para o Canal Brasil

CINEMA
Longa
– “Chorar de Rir” – Longa
– “Futuro Breve”
– “Bom Dia”
– “Escombros”

Curta
– “Mariane com E” – Curta premiado pelo público e crítica no Brasil e na França – Festival de Montpellier e no Festival de Cinema de Três Passos
– “Hospital da Memória” – Curta premiado pelo público e crítica no Festival de Cinema de Três Passos, no Comunicurtas e no Festival Latino Americano de Canoa Quebrada

TEATRO
– “Toalete” direção de Cininha de Paula
– “A vida que eu pedi, adeus” – direção de Eliane Caffe
– “Depressões” – direção de Juliana Galdino
– “Sete” – direção de Juliana Galdino
– “As cinzas do velho” – direção de Luís Artur Nunes
– “Baixo Augusta” – direção de Lucas Mayor
– “Dias e noites” – direção de Mário Bortolotto
– “Ovelhas que voam se perdem no céu” – direção de Mário Bortolotto
– “Peter Pan e Wendy” da Cia Le Plat du Jour
– “Patrimônio” – Direção: Mário Bortolotto
– “Superações” direção de Lucas Mayor, Mário Bortolotto e Marcos Gomes.
– “Ondas curtas” – Direção: Lucas Mayor e Marcos Gomes.
– “Uma mulher quase normal” – Direção de Márcio Mehiel.
– “Quinta em cena” – o projeto foi criado por Antoniela Canto e seus sócios da Cia La Plongée, e já conta com mais de 33 edições

OUTROS TRABALHOS
– Locutora do canal HBO
– Voz do Programa “Que Seja Doce”, da GNT
– Criação de voz para o desenho “Zuzubalândia”. (voz da Bruxa Anoréxica)
– Locutora de publicidade
– Criação de voz para TV Ratimbum nos desenhos: “Os Caça Livros”, “Os Reciclados” e “Kiara e os Luminitos”
– Sócia fundadora da Cia de teatro La Plongée

Prêmios

Prêmio de público e crítica para o curta-metragem "Mariane com E" - Festival de Montpellier, na França. Além de interpretar a protagonista, Antoniela divide o roteiro com o diretor Fernando Sanches.
Prêmio de Melhor Atriz no Inhapim Cine Festival pelo filme "Em Quadro".

Locuções

Elementor #603

Antoniela Canto

Altura: 1.73m
Faixa etária:
Idiomas: Inglês - Fluente

Release

A atriz Antoniela Canto já esteve em produções de sucesso tanto no teatro, quanto no cinema e TV.
No teatro já trabalhou com grandes diretores como Juliana Galdino, Marco Antonio Braz, Mário Bortolotto, Mauro Baptista Vedia, Luis Artur Nunes, Carla Candiotto e Alexandra Golik.Também é uma das fundadoras da Cia La Plongée, companhia de teatro diversas peças autorais em seu repertório: “Não se Deve Estar Sozinho à Noite Quando Começa a Esfriar, Pois Somos Lentos Demais Para Poder Fugir”, “Baixo Augusta”, “Dias e Noites”, “Patrimônio”, Separações (homenagem a Domingos Oliveira) e “Ondas Curtas”.
A Cia La Plongée também criou o “Quinta em Cena”, projeto mensal, onde são apresentados 3 textos curtos de dramaturgos contemporâneos. O “Quinta em Cena” já teve mais de 36 edições e Antoniela participou de quase todas, como atriz, diretora ou autora.
Na TV, podemos ver a atriz na série “Eu, Ela e Um Milhão de Seguidores” – série do Multishow, em “Mulher de Fases” – HBO, “O Negócio” – HBO – 2ª temporada), “PSI” – HBO – 1ªtemporada, “Doce de Mãe” – Tv Globo, “Sonhos de Abu” – Canal Brasil e “Elmiro Miranda Show” da TNT.
No cinema, atuou em “Chorar de Rir”, no curta metragem “Mariane com E”, premiado no Brasil e na França (Festival de Montpellier), com os prêmios de melhor filme (público e crítica), nesta produção, além de atuar, Antoniela divide o roteiro com o diretor do filme. Já o curta “Hospital da Memória”, de Pedro Andrade, levou prêmio de melhor roteiro e melhor direção no Festival Latino Americano de Canoa Quebrada.

Histórico

TELEVISÃO
– “Eu, Ela e Um Milhão de Seguidores”
– “Mulher de Fases”, comédia produzida pela HBO Brasil em parceria com a Casa de Cinema de Porto Alegre
– “Elmiro Miranda Show”, produzida pela Turner em parceira com a Paranoid FIlmes
– “PSI” – 1ª temporada, HBO Brasil em parceria com a Biônica Filmes
– “O Negócio”- 2ª temporada, pela HBO em parceria com a Mixer
– “Doce de Mãe”, para Rede Globo. Direção Jorge Furtado e Ana Luisa Azevedo
– “Sonhos de Abu”, de André Abujamra para o Canal Brasil

CINEMA
Longa
– “Chorar de Rir” – Longa
– “Futuro Breve”
– “Bom Dia”
– “Escombros”

Curta
– “Mariane com E” – Curta premiado pelo público e crítica no Brasil e na França – Festival de Montpellier e no Festival de Cinema de Três Passos
– “Hospital da Memória” – Curta premiado pelo público e crítica no Festival de Cinema de Três Passos, no Comunicurtas e no Festival Latino Americano de Canoa Quebrada

TEATRO
– “Toalete” direção de Cininha de Paula
– “A vida que eu pedi, adeus” – direção de Eliane Caffe
– “Depressões” – direção de Juliana Galdino
– “Sete” – direção de Juliana Galdino
– “As cinzas do velho” – direção de Luís Artur Nunes
– “Baixo Augusta” – direção de Lucas Mayor
– “Dias e noites” – direção de Mário Bortolotto
– “Ovelhas que voam se perdem no céu” – direção de Mário Bortolotto
– “Peter Pan e Wendy” da Cia Le Plat du Jour
– “Patrimônio” – Direção: Mário Bortolotto
– “Superações” direção de Lucas Mayor, Mário Bortolotto e Marcos Gomes.
– “Ondas curtas” – Direção: Lucas Mayor e Marcos Gomes.
– “Uma mulher quase normal” – Direção de Márcio Mehiel.
– “Quinta em cena” – o projeto foi criado por Antoniela Canto e seus sócios da Cia La Plongée, e já conta com mais de 33 edições

OUTROS TRABALHOS
– Locutora do canal HBO
– Voz do Programa “Que Seja Doce”, da GNT
– Criação de voz para o desenho “Zuzubalândia”. (voz da Bruxa Anoréxica)
– Locutora de publicidade
– Criação de voz para TV Ratimbum nos desenhos: “Os Caça Livros”, “Os Reciclados” e “Kiara e os Luminitos”
– Sócia fundadora da Cia de teatro La Plongée

Prêmios:

• Prêmio de público e crítica para o curta-metragem "Mariane com E" - Festival de Montpellier, na França. Além de interpretar a protagonista, Antoniela divide o roteiro com o diretor Fernando Sanches.

• Prêmio de Melhor Atriz no Inhapim Cine Festival pelo filme "Em Quadro".

Outros artistas relacionados