Bruno Perillo
Grupo(s): Atores

Bruno Perillo

Idiomas: Inglês - Fluente
Faixa Etária: acima de 50 anos
Gênero: Masculino
Altura: 1.81m

Release

Na televisão Bruno atuou em diversos trabalhos como as novelas “Viver a Vida”, “A Favorita” e “Belissíma” da Rede Globo”; em “O Telescópio”, “Espelho” e “Este ovo é um galo” da Tv Cultura; “Buuu!” do Gloob; “Surtadas na Yoga” do GNT e nas novelas “Carrossel” e “Amigas e Rivais” do SBT.

Atuou em mais de 25 peças: “Armar”, “As Duas Mortes de Roger |Casement”, “Opera do Malandro” de Chico Buarque, “Procurando Luiz”, “Cardênio”, “Velhos Tempos”, “El dia que me quieras”, “Cantos Peregrinos”, “As viúvas”, “Happy end”, “Moço em estado de sítio”, “Canções de ninar” e “O Noviço”.

No cinema esteve no elenco dos longas “A Felicidade de Margô”, “Salve Geral”, “O último chá”, “Onde andará Dulce Veiga?”, “Ação entre amigos”, “Sonhos Tropicais” e “República do Inferno”. Nos curtas “Ocre”, “As mulheres que amei”, “República do Inferno” e no média “Brilho”.

Histórico

TELEVISÃO

2015 – Verdades Secretas – dir. geral Mauro Mendonça Filho – TV GLOBO

2014 – “Buuu!” – Gloob
2013 – “Surtadas na Yoga” – GNT

2013 – O Negócio – série – HBO
2012 – “Carrossel” – direção Reinaldo Boury – SBT

2010 – Passione – dir. geral Denise Saraceni – TV GLOBO

2009 – “Viver a vida” – direção Jayme Monjardim – TV GLOBO
2008 – “A favorita” – direção Ricardo Waddington – TV GLOBO
2008 – “O telescópio” – direção Eduardo Tolentino – TV CULTURA
2007 – “Amigas e rivais” – direção Jacques Lagoa/Fernando Rancoleta – SBT
2007 – “Espelho” – direção Pedro Pires – TV CULTURA
2006 – “Belíssima” – direção Denise Saraceni – TV GLOBO
2005 – “Este ovo é um galo” – direção Bete Dorgam – TV CULTURA

 

CINEMA

2016 – A Felicidade de Margô – dir. Maurício Eça – telefilme

2016 – 3.000 Dias no Bunker – dir. Rodrigo Bittencourt – longa-metragem

2015 – Submersa – direção Fábia Karklin – curta-metragem

2014 – Mario Wallace Simonsen – direção Ricardo P. Silva – longa-metragem

2014 – Hospedeira – direção Rita Carelli – curta-metragem

2013 – Espelho – direção Gustavo Raolino – Ap43 – curta-metragem

2013 – Asco – direção Helio Ranieri – curta-metragem

2011 – Amparo – direção Ricardo Pinto e Silva – longa-metragem

2011 – Tanta – direção Alexandre Charro – longa-metragem

2010 – Último chá – direção David Kullok – longa-metragem

2008 – Salve geral – direção Sergio Rezende – longa-metragem

2006 – Ocre – direção Theo Poppovic – curta-metragem

2005 – Onde andará Dulce Veiga? – dir. Guilherme de A. Prado – longa-metragem

2001 – Sonhos tropicais – direção André Sturm – longa-metragem

2000 – Ação entre amigos – direção Beto Brant – longa-metragem

2000 – Brilho – direção Cirineu Kuhn – média-metragem

2000 – República do inferno – direção Diogo Miranda – curta-metragem

 

TEATRO

2020 – Poderia Ter Sido (teatro online) – de Angela Ribeiro – dir. Angela Ribeiro

2019 – Em Um Dia Qualquer – de Linda McLean – dir, Carlos Baldim

2019 – Ensaio Sobre a Lucidez – de José Saramago – dir. Fernando Nietsch

2019 – As 2 Mortes de Roger Casement – de Domingos Nunez – Viga Espaço Cênico

2018 – Gaia – de Ricardo Cabaça – leitura cênica no Espaço Parlapatões

2018 – Encasulados – de Paulo Rogério Lopez – dir. Gustavo Kurlat

2018 – A[R]MAR – de Paulo Azevedo – dir. Paulo Azevedo

2018 – As 2 Mortes de Roger Casement – de D. Nunez – Galway – Irlanda

2019 a 2014 – Procurando Luiz – de Paulo R. Lopez – dir. G. Kurlat

2016 – As 2 Mortes de Roger Casement – de Domingos Nunez – dir. D. Nunez

2016 – Singles Singers Bar – dir. Dagoberto Feliz – em Goiânia/Salvador/Brasília/BH

2016 – As 2 Mortes de Roger Casement – de Domingos Nunez – em Brasília

2015 – Titanic – de Owen McCafferty – dir. Peter Harris – leitura encenada

2015 – A Falta Que Nos Cansa – de Danilo Marcks – dir. Kleber Montanheiro – leitura

2015/2014 – Ópera do Malandro – de Chico Buarque – dir. Kleber Montanheiro

2014/2013 – Dançando em Lúnassa – de Brian Friel – dir. Domingos Nunez

2013/2012 – Credores – de August Strindberg – dir. Nelson Baskerville

2012 – Le Devin du Vilage – de Rousseau – dir. Dagoberto Feliz

2012 – A Saga de Cecília – de Carlos Francisco – dir. musical Bruno Perillo

2011 – Absinto – de Luciana Carnieri – dir. Cássio Scapin

2011 – Cabaret Luxúria – de Rachel Ripani – dir. Bruno Perillo

2010 – Noite na Taverna – de Álvares de Azevedo – dir. Helder Mariani

2009 – Cardenio – de Stephan Greenblatt – dir. Marco A. Rodrigues

2008 – Cabaré da Santa – de R. Maia/J. Louraço – dir. Dagoberto Feliz

2006 – Festival Internacional do Porto e de Lisboa – Otelo

2005 – El dia que me quieras – de J. Cabrujas – dir. Marco A. Rodrigues

2004/2003 – Otelo – de William Shakespeare – dir. Marco A. Rodrigues

2002 – Babilônia – de Reinaldo Maia – dir. Marco A. Rodrigues

2001 – Cantos Peregrinos – de José A. de Souza – dir. Marco A. Rodrigues

2000 – Happy end – de Elizabeth Hauptmann – dir. Marco A. Rodrigues

2000 – A serpente – de Nelson Rodrigues – dir. Eduardo Tolentino

1999 – Surabaya Johnny! – de Weill/Brecht – dir. Marco A. Rodrigues

1999 – O telescópio – de Jorge Andrade – dir. Zécarlos Machado

1998 – As viúvas – de Arthur Azevedo – dir. Sandra Corveloni

1998 – Ivanov – de Anton Tcheckov – dir. Eduardo Tolentino

1998 – Moço em estado de sítio – de Vianinha – dir. Eduardo Tolentino

1997 – Vestido de noiva – de Nelson Rodrigues – dir. Eduardo Tolentino

1996/1995 – Rasto atrás – de Jorge Andrade – dir. Eduardo Tolentino

1995 – Morte e vida severina – de João Cabral – dir. Silnei Siqueira

1994 – O noviço – de Martins Pena – dir. Brian Penido

1993 – As antas, mito ou realidade? – de Gustavo Kurlat – dir. G. Kurlat

Aptidões

■ Pratica futebol, tênis, basquete, corrida, vôlei e bike
■ Circo - Passeio Aéreo
■ Dança de salão e tango
■ Toca violão, piano, acordeon, guitarra, gaita e baixo

Prêmios

Indicações: APCA 2019 e Aplauso Brasil 2019, melhor direção por Chernobyl.
Indicação: Shell 2010, melhor trilha por Querô

Locuções

Elementor #603

Bruno Perillo

Altura: 1.81m
Faixa etária:
Idiomas: Inglês - Fluente

Release

Na televisão Bruno atuou em diversos trabalhos como as novelas “Viver a Vida”, “A Favorita” e “Belissíma” da Rede Globo”; em “O Telescópio”, “Espelho” e “Este ovo é um galo” da Tv Cultura; “Buuu!” do Gloob; “Surtadas na Yoga” do GNT e nas novelas “Carrossel” e “Amigas e Rivais” do SBT.

Atuou em mais de 25 peças: “Armar”, “As Duas Mortes de Roger |Casement”, “Opera do Malandro” de Chico Buarque, “Procurando Luiz”, “Cardênio”, “Velhos Tempos”, “El dia que me quieras”, “Cantos Peregrinos”, “As viúvas”, “Happy end”, “Moço em estado de sítio”, “Canções de ninar” e “O Noviço”.

No cinema esteve no elenco dos longas “A Felicidade de Margô”, “Salve Geral”, “O último chá”, “Onde andará Dulce Veiga?”, “Ação entre amigos”, “Sonhos Tropicais” e “República do Inferno”. Nos curtas “Ocre”, “As mulheres que amei”, “República do Inferno” e no média “Brilho”.

Histórico

TELEVISÃO

2015 – Verdades Secretas – dir. geral Mauro Mendonça Filho – TV GLOBO

2014 – “Buuu!” – Gloob
2013 – “Surtadas na Yoga” – GNT

2013 – O Negócio – série – HBO
2012 – “Carrossel” – direção Reinaldo Boury – SBT

2010 – Passione – dir. geral Denise Saraceni – TV GLOBO

2009 – “Viver a vida” – direção Jayme Monjardim – TV GLOBO
2008 – “A favorita” – direção Ricardo Waddington – TV GLOBO
2008 – “O telescópio” – direção Eduardo Tolentino – TV CULTURA
2007 – “Amigas e rivais” – direção Jacques Lagoa/Fernando Rancoleta – SBT
2007 – “Espelho” – direção Pedro Pires – TV CULTURA
2006 – “Belíssima” – direção Denise Saraceni – TV GLOBO
2005 – “Este ovo é um galo” – direção Bete Dorgam – TV CULTURA

 

CINEMA

2016 – A Felicidade de Margô – dir. Maurício Eça – telefilme

2016 – 3.000 Dias no Bunker – dir. Rodrigo Bittencourt – longa-metragem

2015 – Submersa – direção Fábia Karklin – curta-metragem

2014 – Mario Wallace Simonsen – direção Ricardo P. Silva – longa-metragem

2014 – Hospedeira – direção Rita Carelli – curta-metragem

2013 – Espelho – direção Gustavo Raolino – Ap43 – curta-metragem

2013 – Asco – direção Helio Ranieri – curta-metragem

2011 – Amparo – direção Ricardo Pinto e Silva – longa-metragem

2011 – Tanta – direção Alexandre Charro – longa-metragem

2010 – Último chá – direção David Kullok – longa-metragem

2008 – Salve geral – direção Sergio Rezende – longa-metragem

2006 – Ocre – direção Theo Poppovic – curta-metragem

2005 – Onde andará Dulce Veiga? – dir. Guilherme de A. Prado – longa-metragem

2001 – Sonhos tropicais – direção André Sturm – longa-metragem

2000 – Ação entre amigos – direção Beto Brant – longa-metragem

2000 – Brilho – direção Cirineu Kuhn – média-metragem

2000 – República do inferno – direção Diogo Miranda – curta-metragem

 

TEATRO

2020 – Poderia Ter Sido (teatro online) – de Angela Ribeiro – dir. Angela Ribeiro

2019 – Em Um Dia Qualquer – de Linda McLean – dir, Carlos Baldim

2019 – Ensaio Sobre a Lucidez – de José Saramago – dir. Fernando Nietsch

2019 – As 2 Mortes de Roger Casement – de Domingos Nunez – Viga Espaço Cênico

2018 – Gaia – de Ricardo Cabaça – leitura cênica no Espaço Parlapatões

2018 – Encasulados – de Paulo Rogério Lopez – dir. Gustavo Kurlat

2018 – A[R]MAR – de Paulo Azevedo – dir. Paulo Azevedo

2018 – As 2 Mortes de Roger Casement – de D. Nunez – Galway – Irlanda

2019 a 2014 – Procurando Luiz – de Paulo R. Lopez – dir. G. Kurlat

2016 – As 2 Mortes de Roger Casement – de Domingos Nunez – dir. D. Nunez

2016 – Singles Singers Bar – dir. Dagoberto Feliz – em Goiânia/Salvador/Brasília/BH

2016 – As 2 Mortes de Roger Casement – de Domingos Nunez – em Brasília

2015 – Titanic – de Owen McCafferty – dir. Peter Harris – leitura encenada

2015 – A Falta Que Nos Cansa – de Danilo Marcks – dir. Kleber Montanheiro – leitura

2015/2014 – Ópera do Malandro – de Chico Buarque – dir. Kleber Montanheiro

2014/2013 – Dançando em Lúnassa – de Brian Friel – dir. Domingos Nunez

2013/2012 – Credores – de August Strindberg – dir. Nelson Baskerville

2012 – Le Devin du Vilage – de Rousseau – dir. Dagoberto Feliz

2012 – A Saga de Cecília – de Carlos Francisco – dir. musical Bruno Perillo

2011 – Absinto – de Luciana Carnieri – dir. Cássio Scapin

2011 – Cabaret Luxúria – de Rachel Ripani – dir. Bruno Perillo

2010 – Noite na Taverna – de Álvares de Azevedo – dir. Helder Mariani

2009 – Cardenio – de Stephan Greenblatt – dir. Marco A. Rodrigues

2008 – Cabaré da Santa – de R. Maia/J. Louraço – dir. Dagoberto Feliz

2006 – Festival Internacional do Porto e de Lisboa – Otelo

2005 – El dia que me quieras – de J. Cabrujas – dir. Marco A. Rodrigues

2004/2003 – Otelo – de William Shakespeare – dir. Marco A. Rodrigues

2002 – Babilônia – de Reinaldo Maia – dir. Marco A. Rodrigues

2001 – Cantos Peregrinos – de José A. de Souza – dir. Marco A. Rodrigues

2000 – Happy end – de Elizabeth Hauptmann – dir. Marco A. Rodrigues

2000 – A serpente – de Nelson Rodrigues – dir. Eduardo Tolentino

1999 – Surabaya Johnny! – de Weill/Brecht – dir. Marco A. Rodrigues

1999 – O telescópio – de Jorge Andrade – dir. Zécarlos Machado

1998 – As viúvas – de Arthur Azevedo – dir. Sandra Corveloni

1998 – Ivanov – de Anton Tcheckov – dir. Eduardo Tolentino

1998 – Moço em estado de sítio – de Vianinha – dir. Eduardo Tolentino

1997 – Vestido de noiva – de Nelson Rodrigues – dir. Eduardo Tolentino

1996/1995 – Rasto atrás – de Jorge Andrade – dir. Eduardo Tolentino

1995 – Morte e vida severina – de João Cabral – dir. Silnei Siqueira

1994 – O noviço – de Martins Pena – dir. Brian Penido

1993 – As antas, mito ou realidade? – de Gustavo Kurlat – dir. G. Kurlat

Aptidões:

> Pratica futebol, tênis, basquete, corrida, vôlei e bike

> Circo - Passeio Aéreo

> Dança de salão e tango

> Toca violão, piano, acordeon, guitarra, gaita e baixo
Prêmios:

• Indicações: APCA 2019 e Aplauso Brasil 2019, melhor direção por Chernobyl.

• Indicação: Shell 2010, melhor trilha por Querô


Outros artistas relacionados

VGI Agentes – (11) 3864-8188
R. Vanderlei, 372 – Perdizes – São Paulo
SP. CEP 05011-000

Todos os direitos reservados à VGI Agentes® Dev. by Pompz Artes