Grupo(s): Atores

Cacau Melo

Idiomas: Português - Fluente
Faixa Etária: 30 a 40 anos
Gênero: Feminino
Altura: 1.57m

Release

Formada em Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Uni- Rio, a carioca Cacau Melo começou sua trajetória aos 14 anos, num curso livre de Teatro da Escola Martins Pena, no Rio de Janeiro. Como profissional sua primeira experiência foi o espetáculo “Qualquer espécie de Salvação”, dirigido por Roberto Alvim e contemplado pelo FATE, Fundo de Apoio ao Teatro, em 2003.

 

Na TV, após pequenas participações como na novela Cabocla, Malhação e Senhora do Destino,  teve sua primeira grande oportunidade ao ganhar o “CONCURSO AMÉRICA” no programa “Caldeirão do Huck”, em 2005. Como prêmio, deu vida à Rose, uma jovem funkeira fora do convencional na trama de Glória Perez. Seu ótimo desempenho na trama, lhe rendeu uma nova oportunidade, à convite da própria autora e do diretor Marcos Schechtman. Dessa vez, deu vida à Diná, amiga traiçoeira da protagonista Giovanna Antonneli na minissérie “Amazônia – de Galvez à Chico Mendes”, no ano de 2006.

 

Em 2007 viveu a protagonista Nicole Pereira em “Amigas e Rivais”, no SBT. Em 2008, após um novo convite de Glória Perez e do diretor Marcos Schechtman, voltou à Rede Globo para dar vida à Deva, em “Caminho das Índias”, primeira telenovela brasileira a ganhar um Emmy Internacional. Em 2014 viveu a jornalista Trude no telefilme “Onde está você?”, produzido pela Gullane Filmes. Em 2016, participou de um dos episódios de “Prata da Casa”, do Canal Fox, como Tânia, namorada grudenta do protagonista Sérgio. Em 2017 voltou à Rede Record vivendo Sandra, uma dependente química na primeira fase de “Apocalipse”.

 

No Teatro, fez parte do elenco de “Os Monólogos da Vagina”, peça mundialmente conhecida e encenada em mais de 100 países. O texto da jornalista e ativista feminista norte americana Eve Ensler, é considerado um marco no teatro mundial por levantar assuntos de extrema importância e sensibilidade sobre o universo feminino. No Brasil, foi adaptado e dirigido por Miguel Falabella. Cacau fez parte do elenco durante 12 anos, de 2008 a 2020.

Histórico

CINEMA

2020 – “Paixão e Fúria no Sertão do Brasil”, dirigido por Rony Guilherme Deus

2020 – Curta metragem “Laroyê”, dirigido por Mário Borgneth,

 

TELEVISÃO

2021 – Novela “Gênesis”, direção geral de Edgar Miranda – Rede Record

2017 – Série “Prata da Casa” – Episódio 12: “Orixás Love”

2017 – Novela “Apocalipse”, direção de Edson Spinelo – Rede Record

2014 – Telefilme “Onde está você?”, dirigido por Johnny Araújo

2014 – Minissérie “Milagres de Jesus” – Episódio 10: “A Filha de Jairo” – Rede Record

2012 – Minissérie “Rei Davi”, direção Edson Spinelo – Rede Record

2009 – Novela “Caminho das Ìndias”, dirigido por Marcos Schetchaman – TV Globo

2007 – Novela “Amigas e Rivais”, dirigido por Henrique Martins – SBT

2006 – Minssérie “Amzônia”, dirigido por Marcos Schetchman – TV Globo

2005 – Novela “América”, dirigido por Marcos Schetchman – TV Globo

2004 – Série “Aprendendo a Empreender”, dirigido por Marco Altberg e Sérgio Rossini – Canal Futura

 

TEATRO

2008 a 2019 – “Os Monólogos da Vagina”, de Eve Ensler. Adaptação e direção:  Miguel Falabella.

2010 – “Gorda – quanto pesa o amor?”, de Neil Labute. Direção: Franco Battista

Links

Elementor #603

Cacau Melo

Altura: 1.57m
Error: the field format must contains "%s" or "%1$s".
Idiomas: Português - Fluente

Release

Formada em Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Uni- Rio, a carioca Cacau Melo começou sua trajetória aos 14 anos, num curso livre de Teatro da Escola Martins Pena, no Rio de Janeiro. Como profissional sua primeira experiência foi o espetáculo “Qualquer espécie de Salvação”, dirigido por Roberto Alvim e contemplado pelo FATE, Fundo de Apoio ao Teatro, em 2003.

 

Na TV, após pequenas participações como na novela Cabocla, Malhação e Senhora do Destino,  teve sua primeira grande oportunidade ao ganhar o “CONCURSO AMÉRICA” no programa “Caldeirão do Huck”, em 2005. Como prêmio, deu vida à Rose, uma jovem funkeira fora do convencional na trama de Glória Perez. Seu ótimo desempenho na trama, lhe rendeu uma nova oportunidade, à convite da própria autora e do diretor Marcos Schechtman. Dessa vez, deu vida à Diná, amiga traiçoeira da protagonista Giovanna Antonneli na minissérie “Amazônia – de Galvez à Chico Mendes”, no ano de 2006.

 

Em 2007 viveu a protagonista Nicole Pereira em “Amigas e Rivais”, no SBT. Em 2008, após um novo convite de Glória Perez e do diretor Marcos Schechtman, voltou à Rede Globo para dar vida à Deva, em “Caminho das Índias”, primeira telenovela brasileira a ganhar um Emmy Internacional. Em 2014 viveu a jornalista Trude no telefilme “Onde está você?”, produzido pela Gullane Filmes. Em 2016, participou de um dos episódios de “Prata da Casa”, do Canal Fox, como Tânia, namorada grudenta do protagonista Sérgio. Em 2017 voltou à Rede Record vivendo Sandra, uma dependente química na primeira fase de “Apocalipse”.

 

No Teatro, fez parte do elenco de “Os Monólogos da Vagina”, peça mundialmente conhecida e encenada em mais de 100 países. O texto da jornalista e ativista feminista norte americana Eve Ensler, é considerado um marco no teatro mundial por levantar assuntos de extrema importância e sensibilidade sobre o universo feminino. No Brasil, foi adaptado e dirigido por Miguel Falabella. Cacau fez parte do elenco durante 12 anos, de 2008 a 2020.

Histórico

CINEMA

2020 – “Paixão e Fúria no Sertão do Brasil”, dirigido por Rony Guilherme Deus

2020 – Curta metragem “Laroyê”, dirigido por Mário Borgneth,

 

TELEVISÃO

2021 – Novela “Gênesis”, direção geral de Edgar Miranda – Rede Record

2017 – Série “Prata da Casa” – Episódio 12: “Orixás Love”

2017 – Novela “Apocalipse”, direção de Edson Spinelo – Rede Record

2014 – Telefilme “Onde está você?”, dirigido por Johnny Araújo

2014 – Minissérie “Milagres de Jesus” – Episódio 10: “A Filha de Jairo” – Rede Record

2012 – Minissérie “Rei Davi”, direção Edson Spinelo – Rede Record

2009 – Novela “Caminho das Ìndias”, dirigido por Marcos Schetchaman – TV Globo

2007 – Novela “Amigas e Rivais”, dirigido por Henrique Martins – SBT

2006 – Minssérie “Amzônia”, dirigido por Marcos Schetchman – TV Globo

2005 – Novela “América”, dirigido por Marcos Schetchman – TV Globo

2004 – Série “Aprendendo a Empreender”, dirigido por Marco Altberg e Sérgio Rossini – Canal Futura

 

TEATRO

2008 a 2019 – “Os Monólogos da Vagina”, de Eve Ensler. Adaptação e direção:  Miguel Falabella.

2010 – “Gorda – quanto pesa o amor?”, de Neil Labute. Direção: Franco Battista

Compartilhe:

Outros artistas relacionados

Todos os direitos reservados à VGI Agentes® Dev. by Pompz Artes