VGI Agentes

Zécarlos Machado
Grupo(s): Atores

Zécarlos Machado

Faixa Etária: acima de 50 anos
Gênero: Masculino
Altura: 1.77m

Release

Zécarlos atuou em diversos trabalhos na televisão. Os seus últimos trabalhos foram “Gênesis”; “Topíssima”; “Apocalipse”; “Os Dez Mandamentos” e “O Rico e o Lázaro” na Record TV. Na TV Globo esteve nas novela “Além do Tempo”. É destaque nas séries “Submersos” (Paramount) e “Atrás da Sombra” (Telecine).

No cinema fez parte do elenco de “A Espera de Liz” – Direção Bruno Torres; “Loop” – Direção Bruno Bini; “Unicórnio” – Direção Eduardo Nunes; “Os Dez Mandamentos” – Direção Alexandre Avancini; “Nise – O coração da Loucura” – Direção Roberto Berliner, entre outros.

Um dos principais integrantes do Grupo Tapa, Zécarlos atuou nas peças “Rumo a Cardiff”; “Major Bárbara”; “Contos de Sedução”; “Executivos”; “Corpo a Corpo”; “Bella Ciao”; “A Moratória”; “Doze Homens e uma Sentença”; “Mente Mentira”, entre outras.

Dirigiu o espetáculo “A Lua é Minha” e “O Telescopio” entre outras. Atuou no clássico do teatro brasileiro “Rasga Coração”, última peça de Oduvaldo Viana Filho (Vianinha), com a direção de Dudu Sandroni. Esteve no espetáculo “A Moratória”, que estreou em 2007 e prosseguiu temporada em 2008. Em seguida, estreou o espetáculo “O Ensaio”, também no Grupo Tapa.

Histórico

TELEVISÃO

– 2021 – “Gênesis” – Record TV

– 2020 – “Submersos” – Paramount Channel
– 2019 – “Topíssima” – Record TV
– 2018/2017 – “Apocalipse” – Record TV
– 2017 – “O rico e o Lazaro” – Record TV

– 2015 – “Além do Tempo” – Globo
– 2014/2012 – “Sessão Terapia” – 3 temporadas – Dr. Théo Cecatto
– 2012 – “Gabriela” – Fazendeiro
– 2011 – “Força Tarefa” – Dr. Edmundo Rosa
– 2011 – “Morde e Assopra” – Pai da Julia
– 2009 – “Vende-se um véu de noiva” – Rubens Baronese
– 2007 – “Malhação” – Joaquin Bergantin
– 2006 – “Páginas da vida” – Nestor Junqueira de Figueiredo
– 2005 – “Bang-bang” – Armstrong
– 2004 – “Senhora do destino” – Luis Fernando
– 2003 – “Mulheres apaixonadas” – Marcelo
– 2003 – “A casa da sete mulheres” – Anselmo
– 2001 – “Um anjo caiu do céu” – Emmanuel
– 1982 – “Paiol Velho”

 

CINEMA

– 2019 – “A Espera de Liz” – Direção Bruno Torres

– 2018 – “Loop” – Direção Bruno Bini

– 2017 – “Unicórnio” – Direção Eduardo Nunes

– 2016 – “Os Dez Mandamentos” – Direção Alexandre Avancini

– 2015 – “Nise – O coração da Loucura” – Direção Roberto Berliner

– 2011 – “Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios” – Direção Beto Brant
– 2010 – “As melhores coisas do mundo” – Direção Lais Bodansky
– 2007 – “O signo da cidade” – Direção Carlos Alberto Riccelli
– 2007 – “A casa de Alice” – Direção Chico Teixeira
– 2006 – “Veias e vinhos uma história brasileira” – Direção João Batista de Andrade
– 2005 – “Crime delicado” – Direção Beto Brant
– 2004 – “Olga” – Direção Jayme Monjardim
– 2000 – “Chateaubriand cabeça de paraíba” – Direção Marcos M. Martins – Curta
– 1998 – “Ação entre amigos” – Direção. Beto Brant
– 1983 – “A próxima vítima” – Direção. João Batista de Andrade

Prêmios

2004 - Indicado ao Prêmio Contigo! de TV - Melhor Ator Revelação.
2011 - Indicado ao Prêmio Contigo! de Cinema - Melhor Ator.
2011 - Premiado Amazonas Film Festival - Melhor Ator.
2015 - Indicado Prêmio Extra de Televisão Melhor Ator Coadjuvante.

Locuções

Elementor #603

Zécarlos Machado

Altura: 1.77m
Faixa etária:

Release

Zécarlos atuou em diversos trabalhos na televisão. Os seus últimos trabalhos foram “Gênesis”; “Topíssima”; “Apocalipse”; “Os Dez Mandamentos” e “O Rico e o Lázaro” na Record TV. Na TV Globo esteve nas novela “Além do Tempo”. É destaque nas séries “Submersos” (Paramount) e “Atrás da Sombra” (Telecine).

No cinema fez parte do elenco de “A Espera de Liz” – Direção Bruno Torres; “Loop” – Direção Bruno Bini; “Unicórnio” – Direção Eduardo Nunes; “Os Dez Mandamentos” – Direção Alexandre Avancini; “Nise – O coração da Loucura” – Direção Roberto Berliner, entre outros.

Um dos principais integrantes do Grupo Tapa, Zécarlos atuou nas peças “Rumo a Cardiff”; “Major Bárbara”; “Contos de Sedução”; “Executivos”; “Corpo a Corpo”; “Bella Ciao”; “A Moratória”; “Doze Homens e uma Sentença”; “Mente Mentira”, entre outras.

Dirigiu o espetáculo “A Lua é Minha” e “O Telescopio” entre outras. Atuou no clássico do teatro brasileiro “Rasga Coração”, última peça de Oduvaldo Viana Filho (Vianinha), com a direção de Dudu Sandroni. Esteve no espetáculo “A Moratória”, que estreou em 2007 e prosseguiu temporada em 2008. Em seguida, estreou o espetáculo “O Ensaio”, também no Grupo Tapa.

Histórico

TELEVISÃO

– 2021 – “Gênesis” – Record TV

– 2020 – “Submersos” – Paramount Channel
– 2019 – “Topíssima” – Record TV
– 2018/2017 – “Apocalipse” – Record TV
– 2017 – “O rico e o Lazaro” – Record TV

– 2015 – “Além do Tempo” – Globo
– 2014/2012 – “Sessão Terapia” – 3 temporadas – Dr. Théo Cecatto
– 2012 – “Gabriela” – Fazendeiro
– 2011 – “Força Tarefa” – Dr. Edmundo Rosa
– 2011 – “Morde e Assopra” – Pai da Julia
– 2009 – “Vende-se um véu de noiva” – Rubens Baronese
– 2007 – “Malhação” – Joaquin Bergantin
– 2006 – “Páginas da vida” – Nestor Junqueira de Figueiredo
– 2005 – “Bang-bang” – Armstrong
– 2004 – “Senhora do destino” – Luis Fernando
– 2003 – “Mulheres apaixonadas” – Marcelo
– 2003 – “A casa da sete mulheres” – Anselmo
– 2001 – “Um anjo caiu do céu” – Emmanuel
– 1982 – “Paiol Velho”

 

CINEMA

– 2019 – “A Espera de Liz” – Direção Bruno Torres

– 2018 – “Loop” – Direção Bruno Bini

– 2017 – “Unicórnio” – Direção Eduardo Nunes

– 2016 – “Os Dez Mandamentos” – Direção Alexandre Avancini

– 2015 – “Nise – O coração da Loucura” – Direção Roberto Berliner

– 2011 – “Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios” – Direção Beto Brant
– 2010 – “As melhores coisas do mundo” – Direção Lais Bodansky
– 2007 – “O signo da cidade” – Direção Carlos Alberto Riccelli
– 2007 – “A casa de Alice” – Direção Chico Teixeira
– 2006 – “Veias e vinhos uma história brasileira” – Direção João Batista de Andrade
– 2005 – “Crime delicado” – Direção Beto Brant
– 2004 – “Olga” – Direção Jayme Monjardim
– 2000 – “Chateaubriand cabeça de paraíba” – Direção Marcos M. Martins – Curta
– 1998 – “Ação entre amigos” – Direção. Beto Brant
– 1983 – “A próxima vítima” – Direção. João Batista de Andrade

Prêmios:

• 2004 - Indicado ao Prêmio Contigo! de TV - Melhor Ator Revelação.

• 2011 - Indicado ao Prêmio Contigo! de Cinema - Melhor Ator.

• 2011 - Premiado Amazonas Film Festival - Melhor Ator.

• 2015 - Indicado Prêmio Extra de Televisão Melhor Ator Coadjuvante.